Guanambi e Região

Reportagem do Globo Rural mostra prejuízos causados na agricultura e pecuária por conta da cheia do São Francisco e das chuvas excessivas

Publicado por
Tiago Marques
Compartilhado

A Rede Globo voltou a mostrar a situação de cheia do rio São Francisco e os efeitos das chuvas excessivas no município de Carinhanha. Na semana passada, a emissora já havia exibido uma reportagem sobre as cheias no Jornal Nacional.

Desta vez, o destaque da reportagem foi para os prejuízos dos produtores de leite que não conseguem escoar a produção e dos agricultores que tiveram suas plantações inundadas. Estima-se que mais de 250 mil litros de leite foram perdidos por conta da falta de condições de tráfego para os caminhões chegarem e saírem das comunidades.

A reportagem destaca também que no município, dezenas de famílias que moram próximo às margens do rio São Francisco precisaram sair de suas casas por conta do aumento do nível, e que o acumulado de chuva de dezembro e janeiro passa de 660 mm na região, cerca de três vezes mais do que a média para o período, o que deixou muitas estradas vicinais intransitáveis e plantações debaixo d’água.

De acordo com a prefeitura Francisca Alvas, a Chica do PT, 60% da população do município vive na zona rural e depende da produção agrícola para sobreviver. Ela prevê um cenário de fome no com a falta de colheitas nos próximos meses.

Cheia diminui em Minas e continua na Bahia

Neste domingo (23), o nível do rio São Francisco subiu mais 8 centímetros em Carinhanha, chegando à cota 7,94. O volume de águas que passa pela cidade baiana deve aumentar mais alguns centímetros nos próximos dias, superando a marca de 8 metros.

No Norte de Minas, com a diminuição das chuvas, a cheia começa a perder força em algumas cidades, como é o caso de São Francisco, onde o nível chegou a 10,18 m na sexta-feira e já recuou para 10 m neste domingo. O tempo de viagem da água desta localidade até a divisa com a Bahia é de aproximadamente cinco dias, o que indica que o nível deve começar a recuar nas primeiras cidades do Estado no meio da semana.

Mesmo com as comportas da Usina Hidroelétrica de Três Marias abertas, a cheia deve continuar diminuindo, pois os principais afluentes à jusante da barragem tiveram diminuição significativa dos volumes de água, como o caso do rios Abaeté, das Velhas, Paracatu e Urucuia.

Desde quinta-feira (20), o volume do reservatório voltou a cair após chegar a quase 94%. A hidroelétrica opera com afluência de 2.700 m³/s e defluência de 3.030 m³/s, liberando mais espaço para armazenar águas das próximas chuvas, que devem durar até meados de abril nas cabeceiras.

Naufrágio de embarcação

Um barco com quatro pessoas virou nas águas do rio São Francisco entre Carinhanha e Malhada na tarde deste sábado (22). Três dos quatro ocupantes conseguiram se salvar. Um homem de 37 anos continua desaparecido.

A cheia do rio São Francisco também atrai banhistas ao cais de Carinhanha, onde adolescentes e jovens se arriscam pulando de um paredão direto nas águas do rio São Francisco.

Tiago Marques
Publicado por
Tiago Marques

Notícias recentes

Ingressos para estreia do Flamengo de Guanambi na Série B do Baianão 2022 já estão a venda

Começou nesta quinta-feira (19), a venda de ingressos para a partida entre Flamengo de Guanambi…

Três linhas de ônibus passam por alterações no itinerário em Vitória da Conquista

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) informou que houve alterações nos itinerários das linhas…

Azul inicia venda de passagens do voo Guanambi-Salvador

A Azul Linhas Aéreas iniciou a venda de passagens do novo voo da empresa, ligando…

Padre Joãozinho fará show de encerramento da Festa de Santo Antônio em Guanambi

No dia 13 de junho, dia de Santo Antônio, padroeiro de Guanambi, o encerramento da…

Inmet amplia alerta de declínio de temperatura para 162 municípios da Bahia

O avanço da massa de ar polar sobre o Sul e Sudeste do país já…

Cargas irregulares avaliadas em R$ 3,38 milhões foram interceptadas em Vitória da Conquista e outras duas cidades

A Operação Fechando o Cerco, da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), intensifica a atuação…