21.5 C
Guanambi
16.5 C
Vitória da Conquista

Chesf segurança para impedir entrada de pessoas em áreas de risco da Barragem de Sobradinho

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Para impedir o acesso às suas áreas de segurança, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) reforçou o efetivo de fiscalização e vigilância em todas as suas usinas hidrelétricas. Esta semana, foram feitos aditivos em contratos para evitar que pessoas invadam áreas restritas.

Por conta da cheia no Rio São Francisco, algumas pessoas invadiram áreas com risco de morte, para tirar fotos na Usina Hidrelétrica de Sobradinho (BA). Antes desse acontecimento, a Diretoria da Chesf já havia decidido pelo reforço na fiscalização, inclusive com uso de helicóptero, em Paulo Afonso (BA), e parceria com forças de segurança.

A Chesf alerta para importância de se observar, e respeitar, as áreas de segurança de barragens, cujo acesso é terminantemente proibido, pelo risco iminente de morte em caso de acidentes, bem como por se tratar de área de propriedade particular da Empresa, sendo a invasão sujeita a penalidades legais cabíveis.

Sobradinho vai manter vazão de 4.000 m³/s no rio São Francisco até 1º de fevereiro

A vigilância das áreas de Barragem em Sobradinho é de competência da Chesf que possui segurança patrimonial 24h em toda a extensão. Em decorrência do aumento do fluxo de pessoas nas imediações nos últimos dias, foi instalado posto de vigilância fixo armado na localidade, de forma a coibir eventuais tentativas de invasões. Do mesmo modo, foi reforçada a ronda motorizada em toda a extensão da barragem.

A Chesf busca sempre interagir com as forças de segurança locais, demandando sua pronta atuação em caso de desrespeito ao espaço privativo devidamente sinalizado, seja por invasão ou desordens.

Chesf aciona polícia

No último final de semana, a Chesf acionou a polícia militar para a retirada de um grupo de pessoas que se encontrava irregularmente dentro de áreas operacionais da Companhia, em Paulo Afonso, cujo acesso é proibido, no lado baiano do reservatório Delmiro Gouveia, denominado “Cura”.

A 1ª Guarnição da 1ª Cia do 20º BPM-BA, composta por agentes da polícia e veículos, se deslocou para a área e deteve o grupo de 15 pessoas que foram ouvidas pela delegacia local, onde foi aberto Termo Circunstanciado para as devidas responsabilizações de acordo com a legislação vigente.

No último dia 20 de janeiro, uma guarnição do 9º BPM de Alagoas retirou outro agrupamento, este com aproximadamente 50 indivíduos, que haviam adentrado o “Algorão”, área igualmente proibida de acesso.

Em Pernambuco, no município de Petrolândia, a guarnição da PM retirou uma aglomeração de pessoas em veículos de passeio e motos de área operacional e de acesso proibido na área do vertedouro da Usina Luiz Gonzaga. O ocorrido se deu no último domingo, dia 23 de janeiro, e os envolvidos serão judicialmente responsabilizados.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -