Tecnologia

Pacotão de melhorias do WhatsApp vai ser implantado no Brasil nas próximas semanas

Publicado por
Tiago Marques
Compartilhado

Um pacotão de melhorias do WhatsApp começará a ser implantado nas próximas semanas. O aplicativo de mensagens mais popular do país vai permitir reações com emojis às mensagens, envio de vídeo de até 2 GB, ligação em grupo com até 32 participantes, entre outras mudanças.

Os novos recursos serão disponibilizados de forma gradual em todo mundo, inclusive no Brasil.

Reprodução g1

Pacotão de melhorias do WhatsApp

Reação

Um recurso já disponível no Facebook também poderá ser usado no WhatsApp. O aplicativo vai permitir reagir a uma mensagem com emojis.

Compartilhamento

Agora o WhatsApp vai permitir o envio de arquivos grandes, como documentos, fotos, vídeos de até 2 GB para seus contatos.

Ligação em grupo de até 32 pessoas

O limite de pessoas em uma ligação de grupo vai passar 8 para 32 participantes. A empresa já tinha anunciado recentemente outras novidades para facilitar a troca de mensagens de voz no WhatsApp, como a opção de ouvir mensagens fora da janela das conversas e acelerar a velocidade e áudios.

'WhatsApp Comunidades' só depois das eleições

De acordo com o g1, os novos recursos preparam o terreno para um lançamento maior da empresa: o WhatsApp Comunidades. A ferramenta vai agregar diferentes grupos em um espaço compartilhado, com a possibilidade dos administradores enviarem avisos para vários deles ao mesmo tempo.

O foco do aplicativo é atender pequenos grupos com o mesmo interesse, como escolas, membros de congregações religiosa, moradores de um mesmo condomínio ou até mesmo empresas.

O aplicativo também vai dar mais poder para os administradores, que poderão enviar avisos a todos os participantes da comunidade e controlar quais grupos e usuários podem ser adicionados. O formato dessas mensagens de aviso não foi especificado pela empresa.

Ainda não há informações sobre o limite de grupos que poderão ser agregados em uma mesma comunidade, mas a companhia fala em "limites razoáveis" para o número de participantes e de grupos.

As comunidades serão testadas globalmente pela companhia a partir desta quinta-feira (14), mas só chegam ao Brasil no ano que vem.

Em fevereiro, o aplicativo fechou um acordo com o Tribunal Superior Eleitoral(TSE) para combater a desinformação durante as eleições de 2022.

Na ocasião, o CEO do WhatsApp, Will Carhcart, se comprometeu a não implementar nenhuma mudança significativa de produto no Brasil antes das eleições.

Dario Durigan, gerente de políticas públicas do WhatsApp no Brasil, acredita que decisão de adiar a estreia do recurso no país reforça essa aliança do app com o TSE.

“É uma medida de cautela para não haver nenhum ruído em um ano de eleição, um ano complicado”, explica Durigan.

Ao anunciar a novidade, o WhatsApp comenta que vai restringir o encaminhamento das mensagens para manter as conversas privadas.

Tiago Marques
Publicado por
Tiago Marques
Tag WhatsApp

Notícias recentes

Movimento no Aeroporto de Guanambi subiu 25% em maio

Maio foi o mês com maior movimento no Aeroporto Municipal Isaac Moura Rocha, em Guanambi.…

Nova etiqueta do Inmetro para geladeiras fará previsão de gasto na conta de energia

A partir desta sexta-feira, 1º, todos os refrigeradores que chegarem ao comércio brasileiro, fabricados nacionalmente…

Vice-prefeito Nal Azevedo deve assumir Secretaria de Governo da Prefeitura de Guanambi

O vice-prefeito Nal Azevedo (União) será nomeado secretário municipal de Governo pelo prefeito Nilo Coelho…

Jornada On-line sobre Alfabetização será realizada pela Uesb

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) realizará, nos dias 8, 9 e 10…

Baiana Ana Marcela Cunha se torna pentacampeã mundial de natação em águas abertas

A baiana Ana Marcela Jesus Soares da Cunha terminou nesta quinta-feira, 30, sua participação no…

Uesb prorroga inscrições de curso de graduação e pós-graduação na modalidade Ead

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) divulgou os editais de prorrogação das inscrições…