20.7 C
Guanambi
16.8 C
Vitória da Conquista

Conselho da Univasf rejeita proposta de expansão para Guanambi

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Em reunião realizada no último dia 6, o Conselho Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), rejeitou a proposta de expansão da instituição para a cidade de Guanambi.

Dos 51 conselheiros presentes na reunião, apenas três foram favoráveis à proposta, entre eles o reitor por tempore da instituição, Paulo César Fagundes Neves, proponente da iniciativa.

De acordo com a ata da reunião, Guanambi, município distantes 900 km da sede da Univasf, em Petrolina/PE, não está no Plano de Desenvolvimento Institucional da universidade, válido até 2025.

Eles também consideraram que a proposta não estava sustentada, pois foi baseada apenas em uma fala do deputado Arthur Maia (União/BA), feita ao Conselho em dezembro do ano passado. No entanto, não foi apresentado nenhum documento oficial do parlamentar ou do Ministério da Educação ao se colocar em votação a proposição.

Reunião entre reitor e prefeito ocorreu em abril de 2011

Em abril do ano passado, o reitor se reuniu com o prefeito Nilo Coelho no gabinete municipal. De acordo com publicação da Prefeitura de Guanambi, Paulo César falou da pretensão da instituição de implantar uma estrutura na cidade, visto que há um projeto de expansão e Guanambi poderia ser um dos municípios beneficiados.

O reitor pro tempore da Univasf tem forte relação com a cidade e pertence a família proprietária de uma empresa do ramo de transporte rodoviário instalada em Guanambi. Ele está no cargo há dois anos, nomeado pelo Ministério da Educação, após um pedido de suspensão da lista tríplice à reitoria da Univasf, elaborada pelo Conselho Universitário (Conuni), em novembro de 2019, e que está sub judice por decisão liminar do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5).

 

Univasf

A Além de Petrolina, onde fica a reitoria, e Salgueiro, no interior pernambucano, a Univasf  três Campi na Bahia, em Juazeiro, Paulo Afonso e Senhor do Bonfim, e um no Piauí, no município de São Raimundo Nonato.

São 30 cursos de graduação presenciais e outros nove na modalidade EaD, além de dezenas de cursos de especialização, mestrado e doutorado.

A instituição, inclusive, já começou a atuar em Guanambi, com a oferta do curso superior de Letras/Libras e a especialização em Metodologias Ativas, por meio do Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -