25.7 C
Guanambi
17 C
Vitória da Conquista

Seis meses após Petrobras privatizar refinaria, Bahia tem a terceira gasolina mais cara do país

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Os combustíveis estão fincando mais caros na Bahia em relação a outros estados. Desde o fim de novembro de 2021, não é mais a Petrobras a principal refinadora dos produtos no Estado, pois a estatal concluiu nesta época a privatização da Refinaria Landulpho Alves para a Acelen, empresa do fundo soberano árabe Mubadala.

Desde então, os aumentos nos preços dos combustíveis não obedecem mais a política de preços da Petrobras, e os reajustes acontecem com maior antecedência e frequência em relação à estatal.

Os dados da pesquisa de preço realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgada nesta sexta-feira (20), revelam que a Bahia possui a terceira gasolina mais cara do país, atrás apenas do Piauí e do Rio de Janeiro.

Antes da privatização, em novembro, o preço da gasolina na Bahia era o 11º mais caro entre os 26 estados da federação e o Distrito Federal.

A média de preço encontrada em 302 postos pesquisados em 26 municípios durante esta semana foi de R$ 7,724. O produto mais barato foi encontrado em um posto de Feira de Santana, R$ 7,13, onde também foi encontrado o menor preço médio, R$ 7,323. Já o mais caro, R$ 8,52, foi encontrado em um estabelecimento de Porto Seguro, localidade com o preço médio maior entre todos os municípios pesquisados, R$ 8,371.

No Piauí os consumidores pagam o maior valor pelo combustível, R$ 8,096 em média. Já no Rio de Janeiro, o produto custa em média R$ 7,80. Estes estados possuem alíquota de ICMS de 29% e 34% respectivamente. Já a Bahia possui alíquota de 28% para o produto. Vale ressaltar que o valor de referência para cobrança do imposto está congelada desde novembro de 2021 em todo o país.

Ainda segundo a pesquisa da ANP, o estado com a gasolina mais barata é o Amapa, com preço médio de R$ 6,50. Já São Paulo e Rio Grande do Sul aparecem na sequência, com preço médio de R$ 6,91

Preço médio dos combustíveis nos Estados - 20 de maio de 2022

ESTADOPOSTOS
PESQUISADOS
PREÇO MÉDIO
PIAUI68 R$             8,10
RIO DE JANEIRO371 R$             7,80
BAHIA302 R$             7,72
DISTRITO FEDERAL47 R$             7,70
ACRE39 R$             7,62
GOIAS201 R$             7,61
CEARA201 R$             7,55
RIO GRANDE DO NORTE57 R$             7,54
MINAS GERAIS536 R$             7,53
TOCANTINS33 R$             7,44
ESPIRITO SANTO109 R$             7,44
SERGIPE44 R$             7,36
PARA130 R$             7,33
AMAZONAS63 R$             7,32
PARANA338 R$             7,28
RONDONIA69 R$             7,24
SANTA CATARINA203 R$             7,17
PERNAMBUCO176 R$             7,17
ALAGOAS60 R$             7,15
MARANHAO114 R$             7,13
PARAIBA62 R$             7,11
RORAIMA13 R$             7,06
MATO GROSSO138 R$             7,04
MATO GROSSO DO SUL65 R$             7,03
RIO GRANDE DO SUL341 R$             6,91
SAO PAULO1533 R$             6,91
AMAPA30 R$             6,50

 

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -