Itabuna é campeão da Série B do Campeonato Baiano

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Está decidido o título da Série B do Campeão Baiano de 2022. O Itabuna empatou com o Jacobinense por 2 a 2, somando 4 a 3 no placar agregado. As duas equipes estão garantidas na Série A de 2023, mas só o Dragão do Sul levantou a taça.

A partida foi realizada na tarde deste sábado (13), no Estádio José Rocha, em Jacobina. O Itabuna abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo. O meio-campista João Neto fez um golaço ao acertar um chute muito forte de fora da área.

No segundo tempo, logo aos 7 minutos, Ninho Xavier ampliou o placar. Ele também arriscou um chute de fora da área, a bola bateu no chão antes de dificultar a vida do goleiro Fábio. O Jacobinense respondeu no minuto seguinte, após lançamento na área do Itabuna, Matheus Mendes marcou no bate e rebate depois de duas defesas do goleiro Tiago Passos. Anderson Lessa, de cabeça, empatou no último minuto.

O partida decisiva da Série B do Campeonato Baiano entre Jacobinense e Itabuna seria realizada no último fim de semana, no Barradão, em Salvador. Isto porque o Estádio José Rocha havia sido interditado por decisão do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD/BA) em razão de confusões ocorridas na partida da semifinal contra o Juazeiro.

A direção do Jacobinense recorreu da decisão e conseguiu vitória do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD). Como a partida já estava marcada para Salvador e não haveria tempo hábil para transferir para Jacobina sem infringir o Estatuto do Torcedor, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) resolveu remarcar o jogo para este sábado.

Fundado em 1967, o Itabuna Esporte Clube tem agora três títulos de Campeão da Série B em sua história. Além de 2022, a equipe levou o troféu em 2002 e em 2011.

A cidade de Itabuna, sexta mais populosa do estado com mais de 214 mil habitantes, teve dois times disputando a Série B de 2022. Se por um lado o Grapiúna decepcionou, sendo rebaixado para a Série C de 2023, o Itabuna foi capaz de levar felicidade ao torcedor itabunense.

As equipes enfrentaram dificuldades a mais por conta dos deslocamentos e da ausência da torcida nos jogos como mandante. Isso porque o Estádio Luiz Viana, principal espaço para prática do futebol em Itabuna, encontra-se em situação bastante precária.

Um vídeo publico no em junho deste ano no canal Zé Drone Imagens Aéreas mostra a situação do equipamento público, sem condições até para prática de esporte amador.

Além de viajar para várias partes da Bahia para os jogos como visitante, a equipe do Itabuna mandou seus jogos em quatro cidades, Vitória da Conquista, Cruz das Almas, Santo Antônio de Jesus e Ipiaú.

Mesmo assim, a equipe conseguiu na última rodada a classificação para a segunda fase, terminando a primeira na quarta posição, com 19 pontos. Nas semifinais, o Dragão do Sul eliminou o Jequié, time de melhor campanha na fase classificatória.

Depois de um empate por 1 a 1 na primeira partida, em Ipiaú, o Itabuna venceu o Jequié em pleno Waldomiro Borges por 1 a 0 e chegou na final.

Esta foi a maior edição da história da Série B na Bahia, com doze equipes participantes. Ao todo foram 71 jogos realizados desde 22 de maio.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -