Estado da Bahia lança rede para estimular a inovação nos municípios baianos

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marques
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Ciência, tecnologia e inovação (CTI) são áreas primordiais para a evolução da sociedade. Apoiar e estimular projetos desses setores é fundamental para o desenvolvimento econômico e social dos municípios. Pensando nisso, o Estado da Bahia, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia (Secti) e da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), lançou, nesta quinta-feira (11), a Rede Inova Cidade, que está aberta à adesão de todas as cidades baianas e tem investimento inicial de R$ 18 milhões.

O principal objetivo da rede é fomentar a formulação e implementação de políticas que impulsionem a transformação dos municípios em cidades empreendedoras e inovadoras. O Estado visa promover, junto às prefeituras, a estruturação e atuação do ecossistema de CTI, através de projetos, programas e editais específicos com foco em inovação. A rede também incentiva que os gestores adequem suas legislações de forma a criar a Lei de Inovação da cidade.

Para Edson Valadares, assessor de Planejamento e Gestão da Secti, a iniciativa é importante para que as cidades possam evoluir. “A rede tem como propósito contribuir para que as localidades possam, por meio de experiências e convênios com o Estado, melhorar a prestação dos serviços públicos de várias áreas. Então, podemos dizer que para os municípios esse espaço será o canal aberto para oportunizar a dinamização dos processos de CTI nas cidades, que é um passo fundamental para que se tornem autossustentáveis e inteligentes”, diz.

Todos os 417 municípios do estado da Bahia podem assinar o Termo de Adesão da Rede Inova Cidade. Ao fazer parte do programa, os municípios passam a contar com assistência da Secti e da Fapesb para o desenvolvimento das ações de CTI. Até então, 10% das prefeituras já assinaram o termo. A estimativa é chegar em 50% até o final de 2022. Informações sobre a Rede Inova Cidade, seus programas e ações, bem como o passo a passo para fazer a adesão podem ser encontradas no site www.inovacidade.ba.gov.br.

Projetos, ações e editais da Rede Inova Cidade

Dentro do Inova Cidade, existem diversas ações e projetos para os municípios, como o Conecta Bahia, que leva internet gratuita para praças públicas no interior. Editais de fomento também são lançados periodicamente no âmbito da rede. No momento, estão abertas chamadas como “Cientista no Governo”, voltado para elaboração de soluções para melhorar a eficiência da máquina pública, “PopCiência”, focado na produção e divulgação de conteúdo científico, e “Empreendedorismo Inovador”, que disponibiliza investimento para criação de ambientes de inovação e empreendedorismo. O Programaê e o Empoderadas, que oferecem juntos 35.000 vagas de capacitação em cursos gratuitos, também fazem parte das ações propostas pela rede.

Lista de municípios que aderiram à Rede Inova Cidade

Alcobaça, Almadina, Arataca, Banzaê, Botuporã, Brejões, Cachoeira, Camacã, Campo Alegre de Lourdes, Cândido Sales, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Carinhanha, Castro Alves, Coaraci, Conde, Coronel João Sá, Cruz das Almas, Dom Basílio, Érico Cardoso, Esplanada, Fátima, Feira da Mata, Ibicuí, Ilhéus, Itanhém, Itapé, Jussari, Miguel Calmon, Nordestina, Paratinga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Piatã, Remanso, Rio do Pires, Santo Estevão, São Domingos, São Gabriel, Ubatã, Urandi e Valença.

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -