Motorista de carreta com placas de Guanambi foi preso por dirigir alcoolizado e em alta velocidade

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

O motorista de uma carreta com placas de Guanambi/BA foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite deste domingo (14), após ser flagrado transitando alcoolizado. A ação foi registrada por volta das 18h40, na BR 242, trecho do município baiano de Seabra, na Chapada Diamantina.

De acordo com a corporação, os policiais faziam fiscalização na rodovia quando avistaram o condutor dirigindo em alta velocidade.

Diante da situação, foi dada ordem de parada e durante a abordagem, os PRFs notaram que o motorista apresentava sintomas de embriaguez. Ele foi submetido ao teste do “bafômetro”, que constatou a embriaguez ao volante. O aparelho acusou uma concentração de 0,77 mg/l de álcool, o que é considerando crime pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O caminhoneiro foi autuado por dirigir sob influência de álcool cuja infração é gravíssima com o pagamento de uma multa no valor de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Se houver reincidência no período de um ano, o valor é dobrado e a CNH é cassada.

Diante disso, foi dada voz de prisão ao motorista pelo crime de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool (embriaguez ao volante). Ele foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil.

A PRF ressaltou que segue com sua missão de proteger vidas, empenhando-se no combate à embriaguez ao volante com ações educativas e uma fiscalização eficiente. “Dirigir sob o efeito do álcool reduz a capacidade de reação do motorista, colocando em risco a segurança de todos os usuários das rodovias. É preciso que toda a sociedade se conscientize de que beber e dirigir são atividades incompatíveis”, diz nota da corporação.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -