28.5 C
Guanambi
22.4 C
Vitória da Conquista

Boletim de Urna: acompanhe a apuração paralela das eleições no exterior

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Desde a primeira hora da madrugada, boletins de urnas das seções eleitorais dedicadas a brasileiros que moram no exterior começaram a ser divulgadas na internet. A eleição no Brasil não tinha começado e já era possível saber quem foram os mais votados na Nova Zelândia, Austrália, Singapura, Coreia do Sul e Japão.

Ao longo do dia, mais resultados foram aparecendo. O usuário do Twitter @kichpavyn está fazendo uma apuração paralela, sem valor oficial, pois o TSE só vai totalizar os votos mais tarde, a partir das 17h, quando a votação for encerrada em todo o país.

Os dados enviados pelos brasileiros ao fechamento das seções estão sendo computados em uma planilha online. Pode haver alguma divergência na precisão dos números, mas de modo geral, o resultado está sendo computado de acordo com as informações dos boletins., quem podem ser conferido por meio do aplicativo Boletim na Mão, do Tribunal Superior Eleitoral.

Como a legislação eleitoral estabelece que os boletins de urna sejam publicados nas seções ao fim da votação, foi possível saber o desempenho dos candidatos mundo a fora por conta do fuso horário. O levantamento só computa os votos de Lula (PT) e Bolsonaro (PL). O percentual mostrado não reflete os votos válidos pois não leva em conta os outros candidatos.

De acordo com a parcial das 15h, 31 países já tiveram a votação encerrada. Lula vence ou venceu em 26 e Bolsonaro em 5. O petista recebeu 18.652 votos contra 12.336 de Bolsonaro. A proporção de votos entre os dois candidatos é de 60 por 40 neste horário.

Clique aqui e acompanhe a apuração paralela

Bolsonaro perdeu votos entre emigrantes

Os números atuais mostram que Bolsonaro perdeu muitos votos entre os brasileiros que deixaram o país. Em 2018, ele teve 58,79% entre este eleitorado.

Voto no exterior

Cerca de 4,4 milhões de brasileiros vivem no exterior, de acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores. Deste total, 697.084 estão aptos para votar para escolher o próximo presidente do Brasil,

O voto no exterior só é possível para o cargo de presidente. A votação ocorre em embaixadas, consulados e repartições diplomáticas espalhadas por 159 cidades de 97 países.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias