29.8 C
Guanambi
23.5 C
Vitória da Conquista

PRF prendeu condutor embriagado e apreendeu arma e munições em Barreiras

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) efetuou pelo menos duas prisões neste sábado (24), no trecho da BR-242 do município de Barreiras, Oeste da Bahia.

Pela manhã, um homem de 35 anos foi preso por porte ilegal de arma de fogo. Além dele, outros dois homens, que também estavam no mesmo veículo, foram levados até a Delegacia de Polícia Civil. A ação aconteceu durante fiscalização ostensiva da PRF.

A equipe fiscalizava na altura do quilômetro 796 da rodovia, quando deu ordem de parada a uma caminhonete Ford/Ranger. Foram solicitados os documentos de porte obrigatório para uma consulta detalhada.

Para uma melhor vistoria dos equipamentos obrigatórios do automóvel, foi solicitado o desembarque dos ocupantes, momento no qual os policiais verificaram que um dos homens tentou se desvencilhar de uma arma de fogo que estava em sua cintura no banco traseiro do veículo, fato imediatamente contido pela equipe policial. Durante a vistoria no interior do automóvel, os PRFs encontraram uma pistola 9mm carregada e 58 munições.

Aos policiais, o condutor se apresentou como proprietário da arma e que estava se deslocando de uma fazenda para a cidade de Barreiras.

Diante das circunstâncias, a ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Judiciária, para formalização do flagrante e demais procedimentos cabíveis.

Embriaguez

Durante a tarde, um homem de 41 anos foi preso na mesma cidade por dirigir alcoolizado. A prisão aconteceu após uma denúncia de usuários da rodovia de que o motorista estaria transitando em zigue-zague a bordo do veículo Fiat Ducato.

Os policiais tomaram conhecimento que o motorista havia sido levado para o hospital e lá chegando foi submetido ao teste do etilômetro, cujo resultado aferiu 0,52 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões).

O teste no aparelho apresentou índice 1,5 vezes maior do valor considerado como crime, que é de 0,34 mg/L.

Além de detenção por crime de trânsito, a multa por alcoolemia custa R$ 2.934,70, valor que é duplicado em caso de reincidência. Ademais, ocorre a penalidade administrativa que suspende ou proíbe o motorista de obter a habilitação ou permissão para dirigir veículo automotor por um período de 12 meses.

A PRF ressalta que dirigir sob influência de álcool, além de ser crime, gera risco para a segurança viária e à integridade física dos usuários das rodovias. Para coibir essa conduta perigosa, o órgão mantém fiscalização intensa em todas as rodovias federais do país.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias