29.8 C
Guanambi
23.5 C
Vitória da Conquista

Rio de Contas chegou a quase 10 metros e alagou ruas de Jequié

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

O nível do rio de Contas subiu bastante e invadiu ruas e imóveis de Jequié, deixando várias pessoas desalojadas e um prejuízo expressivo para comerciantes.

Uma das áreas mais afetadas é o Centro Comercial, que chegou a ser evacuado na manhã deste domingo com a informação sobre a cheia do rio.

No início da última semana, o curso d’água estava na cota 1,70 metro (m). Já no fim da noite deste domingo (25), o nível atingiu 9,88 m e continua subindo. Moradores afirmam que uma enchente destas proporções não ocorria há 40 anos.

O nível está subindo por conta do aumento brusco da vazão do Reservatório da Usina da Pedra, que vem recebendo muita água das chuvas intensas das últimas semanas em toda a bacia hidrográfica.

Para o controle de cheia do Reservatório, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Eletrobrás Chesf) decidiu aumentar a vazão de 800 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 2.000 (m³/s).

De acordo com dados da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), o Reservatório da Pedra atingiu 92% de seu volume útil na noite deste domingo, recebendo média diária de 2.960 m³/s. O volume de água armazenada na sexta-feira (24) era de 70%.

Diante da situação preocupante, a Prefeitura de Jequié iniciou uma campanha de doações com objetivo de atender de forma emergencial as famílias afetadas pelas fortes chuvas. A partir desta segunda-feira (26), um ponto para recebimento de doações para as famílias desabrigadas.

As pessoas interessadas em doar, devem se dirigir até a antiga Biblioteca Central, na Avenida Rio Branco, Centro. Neste local, uma equipe estará responsável pelo recebimento dos itens: Roupas, além de materiais de cama, banho, higiene pessoal e alimentos não perecíveis.

Qualquer situação decorrente das chuvas que atingem o município, a população pode manter contato com a Defesa Civil, por ligação ou WhatsApp (73) 93505-0750.

Diminuição das chuvas

A boa notícia para os afetados pela cheia do rio de Conas é a previsão de menos chuvas na Bahia nos últimos dias de 2022, embora algumas regiões ainda possam receber temporais expressivos até o ano novo.

Usina da Pedra

A Eletrobras Chesf ressaltou a importância e necessidade de que seja evitada a ocupação de áreas situadas nas planícies de inundação.

A situação hidrológica permanece sendo avaliada, podendo haver novas alterações de vazão, sempre com prévia informação aos órgãos, prefeituras e defesas civis.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias