22.5 C
Guanambi
17.6 C
Vitória da Conquista

Agricultores familiares já estão recebendo Garantia Safra

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Agricultores familiares inscritos no Programa Garantia Safra começaram a receber o seguro no valor de R$ 850, desde a última quarta-feira (18). A execução ocorre em parceria entre os governos federal, estadual e municipal e fornece benefício financeiro, por tempo determinado, em caso de perda da safra devido ao fenômeno da estiagem ou de excesso hídrico –

Em Vitória da Conquista, 846 lavradores recebem o benefício que soma um total de R$ 719.100.

Apesar do benefício do Garantia Safra ser pago pelo Governo Federal, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR), trabalha durante todo ano prestando assistência aos agricultores e ao programa.

“O Garantia Safra tem diversas fases. O município atua nas inscrições num trabalho integrado com o governo do Estado e o sindicato da classe; distribui os boletos; orienta o agricultor sobre os pagamentos, faz a inspeção das perdas e elabora o laudo de vistoria”, elencou o coordenador municipal de Fomento à Agricultura Familiar, Eduardo Castro.

O pagamento da Safra 2021/2022 é feito em parcela única na Caixa Econômica Federal, conforme o número de Identificação Social (NIS), sendo os primeiros beneficiados em ordem crescente a partir do número 1.

O coordenador sugere aos produtores que não fizeram o cadastro ou que não receberam o benefício, que procurem a Secretaria Municipal de Agricultura, que fica na Rua Catão Ferraz s/n, Centro (Ceasa).

Foi o que fizeram, nesta manhã (23), as agricultoras Edízia Maria Silva Fernandes, 55 anos, região de Queimadas, distrito de Inhobim, e Maristela Prado Araújo, 28 anos, da Fazenda Poço Cumprido, na região de Bate-Pé.

Edízia mora com o esposo e tem quatro filhos casados e pela primeira vez “está correndo atrás” do Garantia Safra. Ela pratica a agricultura de subsistência e produz café, banana, feijão, aipim e abóbora. “Vai ajudar muito o Garantia Safra. Eu fiz a DAP e estou lutando para receber e se eu receber será uma benção”, comentou a mulher, que ainda falou sobre o atendimento dos técnicos da SMDR: “Está muito bom, até aqui eu tenho gostado e tem me agradado muito”.

Já a jovem Maristela veio atualizar os dados para ter acesso ao Garantia Safra. A família, composta por pai, irmãos e filhos dela, planta milho, feijão, abóbora, melancia. “A gente planta de tudo um pouco, mais para o consumo, então pra gente já ajuda bastante”, disse Maristela que fez o cadastro na prefeitura.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias