29.7 C
Guanambi
22.4 C
Vitória da Conquista

SDR e Fetraf traçam estratégias para o desenvolvimento rural baiano

Mais Lidas

A Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), realizou nesta quarta-feira (3), reunião com a direção estadual da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (FETRAF) para discutir pautas de integração de políticas públicas com diversas secretarias e órgãos governamentais.

Conforme informações da Secretaria, o encontro foi diversificado e abrangeu questões fundamentais para o fortalecimento da agricultura familiar e do desenvolvimento de comunidades rurais na Bahia. Além de questões relacionadas à segurança alimentar e nutricional, foram discutidos temas como geração de renda, acesso a crédito, reforma agrária, políticas públicas de desenvolvimento rural e o fortalecimento das áreas de saúde, educação, segurança pública e desenvolvimento social.

Para o secretário de Desenvolvimento Rural, Osni Cardoso, “a SDR e a FETRAF procuram sinergia de políticas públicas tanto na agricultura familiar, quanto na implementação de infraestrutura essencial para aprimorar a qualidade de vida no campo, especialmente para os jovens e mulheres, buscando uma atuação em diversas áreas que promovam renda, emprego, saúde, segurança alimentar, segurança pública, esporte, cultura e tantas outras políticas que garantam a permanência e sucessão rural”.

Foto: Reprodução

A secretária de assistência social, Fábia Reys, também marcou presença no encontro e desempenhou um papel fundamental na discussão das ações parceiras entre as instituições presentes, com o objetivo de garantir a segurança alimentar e nutricional no campo. Na ocasião, destacou a importância da cooperação entre essas instituições e do alinhamento de ações para impulsionar a produção agrícola e promover o bem-estar das comunidades rurais.

A FETRAF apresentou projetos que já estão em execução pela organização, mas que necessitam do apoio do governo estadual e federal para garantir a continuidade das atividades. Um Grupo de Trabalho (GT) foi criado com representantes da CAR, Bahiater, SDA e Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar com foco em projetos que priorizem jovens e mulheres.

Um exemplo citado foi o projeto AMAs, que tem como objetivo consolidar a assessoria técnica por meio dos Agentes Multiplicadores de ATER – AMAs, promovendo conhecimento através da agroecologia, capacitação, renda e cidadania para jovens e mulheres no campo. Além disso, busca valorizar a mulher e o jovem rural, gerando emprego e renda para agricultores familiares, com foco na permanência no campo.

Foto: Reprodução

FETRAF

A FETRAF-BA é uma organização sindical que surgiu em 2004 após reflexões e lutas entre organizações sociais. Com sede em Salvador, atua em mais de 90 municípios, focando na organização e formação do trabalho rural, educação do campo, acesso à terra e políticas públicas para o meio rural. Seu objetivo é consolidar a organização sindical da agricultura familiar para o desenvolvimento econômico e social.

“Nesse debate com o governo estamos tendo a oportunidade de fazer planos de negócios de cada agroindústria, criando condições para que elas possam exatamente discutir desde a produção até a comercialização dos produtos, além de discussões sobre PAA, PNAE, políticas que permitam o agricultor permanecer no campo”, ressalta o coordenador da Fatres-Ba, José de Jesus Santana.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas