23.4 C
Guanambi
19.7 C
Vitória da Conquista

Votação para novos membros do Conselho Tutelar acontecerá em Guanambi neste domingo

Mais Lidas

Em todo Brasil, neste domingo (1°), acontecerão as votações para escolha dos novos conselheiros tutelares. Neste ano, a votação dos novos membros ao Conselho Tutelar será realizada, pela primeira vez, com urnas eletrônicas em todo o território nacional.

Na Bahia, serão escolhidos 1.910 conselheiros para compor os 382 órgãos existentes no estado. Em Guanambi, serão escolhidos cinco membros ao mandato 2024/2027.

Concorrem os seguintes candidatos:

Nº 102 – Geise Mara Caires dos Santos
Nº 103 – Patrícia Silva Rocha e Rocha;
Nº 104 – Eliane Venância da Silva
Nº 108 – Joelma dos Santos Silva
Nº 109 – Laurieny Sheila Fraga dos Reis
Nº 111 – Karllyanne Alves de Souza Santos Nogueira
Nº 113 – Ana Flávia Lima Pereira
Nº 116 – Jardel Pereira da Silva
Nº 117 – Bruno Presley Pereira do Nascimento
Nº 120 – Mateus da Silva Muniz
Nº 123 – Maricelia Alves Martins

O processo de eleição acontecerá durante o dia 1° de outubro de 2023, entre 08h a 17h. Para os eleitores da 64ª zona eleitoral, a votação será realizada na Escola Municipal Josefina Teixeira de Azevedo, localizada na Praça Otelino Ferreira Costa, s/n, bairro Brasília. Vale destacar, que haverá ainda uma unidade disponível para votação em cada um dos três distritos do município, sendo as escolas Anísio Cotrim Fernandes, em Morrinhos; Pedro Barro Prates, em Mutãs; e Colônia Agrícola, em Ceraíma.

Para votar, os eleitores deverão apresentar documento de identificação original com foto e título de eleitor.

As votações ocorrem, de forma unificada, em todo o país. Por meio dela, cidadãos e cidadãs com título de eleitor válido e emitido até 90 dias antes do pleito poderão escolher os novos integrantes do órgão, que é responsável pela defesa das crianças e adolescentes em cada cidade.

No dia do pleito, todos os promotores de justiça que atuam na área da Infância e Juventude, além de auxiliares e servidores, estarão em regime de plantão, fiscalizando o processo e cuidando para que providências sejam adotadas no caso de irregularidades.

Os candidatos eleitos serão empossados para um mandato de quatro anos. O Conselho Tutelar, além de ser responsável por defender os direitos das crianças e adolescentes, tem a atribuição de atender e aconselhar familiares e responsáveis, requisitar serviços públicos em diversas áreas, como saúde, educação e segurança voltados ao público infantojuvenil e encaminhar os casos nos quais os direitos das crianças e adolescentes não são respeitados ao Ministério Público ou outras instituições.

Eventuais problemas e irregularidades no processo de escolha dos conselheiros tutelares podem ser denunciados ao MP por meio do disque 127 ou do site de atendimento ao cidadão.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas