26.3 C
Guanambi
17.8 C
Vitória da Conquista

Decreto recomenda uso de máscara em unidades de urgência e emergência hospitalar de Vitória da Conquista

Mais Lidas

Nesta segunda-feira (13) a Prefeitura de Vitória da Conquista publicou o Decreto nº 22.291/2023, recomendando o uso de máscaras de proteção respiratória em ambientes de urgência e/ou emergência de hospitais do município.

Conforme informações da Prefeitura o documento foi publicado após a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) constatar o aumento das notificações de infecções respiratórias, entre elas, a Covid-19.

Embora o cenário epidemiológico atual seja de menor intensidade, a SMS também instituiu o Comitê de Enfrentamento da Covid-19 para monitorar e implementar as medidas preventivas de controle necessárias para minimizar a disseminação da infecção no território.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde do município, Halanna Ferraz, a recomendação do uso da máscara em ambientes hospitalares já vem sendo solicitada mesmo antes do decreto, de forma preventiva. “São lugares onde têm pessoas mais fragilizadas, com mais risco de estarem expostos ao vírus e também é um local em que muitas pessoas com sintomas estão procurando atendimento. Então, há um alto risco de propagação e estamos realmente pedindo e recomendando este uso para que a gente assim consiga evitar um cenário piorado desse cenário da Covid atualmente”, explicou a Halanna.

Na semana epidemiológica 45 (5 a 10 de outubro) foram registrados 282 casos notificados de Síndrome Gripal, sendo 29 casos confirmados de Covid-19. Neste momento, 10 pacientes de Vitória da Conquista com diagnóstico confirmado para Covid estão em internamento hospitalar para tratamento da infecção.

O monitoramento diário também mostra que, neste momento, não há registro de casos graves no município. “Já há início de internamentos, mas a gente reforça que não é motivo para pânico. É motivo para reforçar os cuidados. Se a gente manter aquele cuidado de utilização de máscara sempre que tiver qualquer sintoma gripal, independente se você estiver numa unidade hospitalar ou não”, reforçou a diretora.

A capacidade de testagem semanal foi ampliada para atender todos os pacientes que estejam com suspeita de infecção pela Covid-19 e os testes estão sendo realizados nas Farmácias da Família, a partir do agendamento feito pelas unidades de saúde e pelo autocadastro no site Notifica PMVC.

Diante do atual cenário, Halanna ressaltou, mais uma vez, a importância da população manter atualizada a vacinação contra a Covid-19. “Estávamos com um pouco mais de 40% da cobertura da vacina bivalente nas pessoas maiores 18 anos. A gente precisa que as pessoas busquem se vacinar. Esse vírus vai sempre estar circulando em nosso meio, não só aqui em Vitória da Conquista, e é necessário reforçar o cuidado da população, associada à vacinação, para controlar a propagação do vírus”, complementou.

Algumas orientações sobre o isolamento

Para indivíduos com quadro de síndrome gripal (SG) – leve a moderado – com confirmação para a Covid-19, o isolamento respiratório domiciliar poderá ser suspenso no 7º dia completo do início dos sintomas caso esteja sem febre e sem o uso de medicamentos antitérmicos há pelo menos 24 horas e com remissão dos sintomas respiratórios, sem a necessidade de realizar teste RT-PCR ou TR-Ag. Nesse caso, até o 10º dia, a pessoa deve manter apenas os cuidados adicionais, com uso de máscara e etiqueta respiratória.

Caso o indivíduo permaneça com sintomas respiratórios ou febre no 7º dia completo após o início dos sintomas, deve ser mantido o isolamento respiratório domiciliar até o 10º dia completo do início dos sintomas e só poderá suspendê-lo se estiver sem febril, sem o uso de medicamentos antitérmicos há pelo menos 24 horas e com remissão dos sintomas respiratórios.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas