32.3 C
Guanambi
26.8 C
Vitória da Conquista

Inmet divulga alertas de chuva para mais de cem cidades da Bahia e para boa parte do Norte e Nordeste

Mais Lidas

As chuvas, tão aguardadas há várias semanas, começaram a chegar em localidades do Brasil onde a estiagem ainda prevalece. As previsões indicam que os últimos dias da primavera terão chuvas capazes de reverter parcialmente este cenário na maior parte destas áreas.

Nesta segunda-feira (18), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), por meio do Centro Virtual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos (Alert-AS), divulgou três alertas de chuvas intensas englobando as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país. Também foram divulgados dois alertas amarelos de chuvas intensas e tempestades para a Região Sudeste, e dois alertas laranjas de tempestades para o Sul do país.

Na Bahia, um alerta amarelo, de perigo potencial para chuvas intensas, engloba 103 municípios da metade oeste do estado. Em algumas destas localidades, podem ocorrer chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, acompanhada por ventos intensos, de 40 a 60 km/h.

Eventualmente, alguns municípios podem ter problemas com corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O mesmo alerta engloba mais de 1.300 municípios do Acre, Amazonas, Amapá, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Cidades da Bahia sob alerta de chuvas intensas: América Dourada, Angical, Baianópolis, Barra, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Alto, Bom Jesus da Lapa, Boninal, Boquira, Botuporã, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Buritirama, Caculé, Caetité, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canápolis, Canarana, Candiba, Carinhanha, Casa Nova, Catolândia, Caturama, Central, Chorrochó, Cocos, Coribe, Correntina, Cotegipe, Cristópolis, Curaçá, Érico Cardoso, Feira da Mata, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro, Glória, Guanambi, Ibiassucê, Ibipeba, Ibipitanga, Ibitiara, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Ipupiara, Irecê, Itaguaçu da Bahia, Iuiu, Jaborandi, João Dourado, Juazeiro, Jussara, Lagoa Real, Lapão, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macaúbas, Macururé, Malhada, Mansidão, Matina, Morpará, Morro do Chapéu, Muquém do São Francisco, Novo Horizonte, Oliveira dos Brejinhos, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Paramirim, Paratinga, Piatã, Pilão Arcado, Pindaí, Presidente Dutra, Remanso, Riachão das Neves, Riacho de Santana, Rio do Pires, Rodelas, Santa Maria da Vitória, Santana, Santa Rita de Cássia, São Desidério, São Félix do Coribe, São Gabriel, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Sobradinho, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanque Novo, Uibaí, Umburanas, Urandi, Wanderley e Xique-Xique.

Veja os detalhes do alerta 

Alertas Laranjas

Também foram emitidos dois alertas laranjas, classificados como de perigo para chuvas intensas. Um deles engloba 71 municípios de uma grande faixa dos estados do Amazonas e do Pará. Já o outro engloba 241 municípios da parte mais ao norte do Ceará, Maranhão e Piauí.

Nestas localidades, são esperadas chuvas entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos, com rajadas de 60 a 100 km/h.

Tais condições representam risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Em situações de rajadas de vento, é fundamental adotar precauções para garantir a segurança pessoal, como evitar abrigo debaixo de árvores, uma vez que há risco de queda, além do perigo de descargas elétricas. Também é aconselhável não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, minimizando os riscos de danos materiais.

Além disso, durante episódios de ventos intensos, recomenda-se evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada, contribuindo para prevenir possíveis danos elétricos. A adoção dessas medidas pode ser crucial para a segurança pessoal e a preservação de bens durante condições climáticas adversas.

Veja os detalhes do alerta laranja para região Norte

Veja os detalhes do alerta laranja para a região Nordeste

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas