26.1 C
Guanambi
19.9 C
Vitória da Conquista

Chuvas trouxeram dois milhões de m³ de água aos reservatórios das barragens de Guanambi

Mais Lidas

Mais de dois milhões de metros cúbicos (m³) chegaram aos reservatórios das duas principais barragens do município de Guanambi. O volume foi proveniente das chuvas, iniciadas no fim de 2023, com duração até a madrugada da última terça-feira (9).

De acordo com informações da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), responsável pela gestão dos açudes, o maior acumulado ocorreu na Barragem de Poço do Magro, que recebeu cerca de um 1,57 milhão de m³ desde a última medição, no fim de dezembro.

O volume atual do reservatório, medido nesta sexta-feira (12), é de  17,95 milhões de m³, correspondente a 48,5% de sua capacidade total, de 37 milhões m³. No ano passado, na mesma época, o volume era de 30,39 milhões de m³, ou 82,1%.

Já na Barragem de Ceraíma, o volume recebido foi bem menor, de 486 mil m³. O reservatório está com 25,1 milhões de m³, equivalente a 50%. Há um ano, o volume era de 42,1 milhões de m³ (82,4%).

A sequência de dias chuvosos, iniciada no último dia de 2023, foi a primeira capaz de acumular um volume de água expressivo, suficiente para interromper a queda de nível, que já durava quase um ano devido ao longo período de estiagem, com muito calor e sem chuvas significativas, capazes de aumentar a umidade do solo e as reservar hídricas superficiais e subterrâneas.

Acumulado de Chuva

O maior volume chegou no início da semana, após chuvas intensas em Candiba. O pluviômetro do Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) registrou acumulado de 112 mm na cidade na segunda-feira (8).

Em Guanambi, os registros oficiais continuam inoperantes devido à falta de manutenção dos equipamentos, tanto do Cemaden, quanto do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

O Pluviômetro da Agência Sertão, no Centro da cidade, registrou acumulado de 231 mm entre 31 de dezembro e 9 de janeiro. Este volume é superior a todo o registrado no segundo mestre de 2023.

Na zona rural do município de Iuiu, em uma localidade próxima à divisa com Malhada, o acumulado foi de 161 mm. Outras localidades monitoradas não registram todos os dados por panes nos equipamentos.

Previsões

As previsões indicam que a próxima semana deve ser de sol e calor na região, com possibilidade de mínimas de 22ºC e máximas superiores a 35ºC. A partir de sábado (20), as chances de chuva devem aumentar e nos dias seguintes, podendo acumular mais 100 mm até o fim do mês.

Os prognósticos de longo prazo também indicam chuvas na primeira quinzena de fevereiro e acumulados acima da média até março.

Veja a previsão completa para os próximos dias

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas