23.8 C
Guanambi
18.5 C
Vitória da Conquista

Onça parda do zoológico de Salvador passa por tomografia durante check-up preventivo

Mais Lidas

Nesta quarta-feira (18) uma onça-parda de aproximadamente 14 anos, passou pelo procedimento de tomografia no zoológico de Salvador. O exame foi realizado como parte de seu check-up preventivo, feito em parceria com o Hospital Veterinário Hpet, situado na Pituba. A tomografia é um exame essencial para detectar possíveis alterações antes que o animal apresente sinais clínicos.

Conforme informações do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), o procedimento aconteceu com o animal sedado, a fim de garantir sua segurança e bem-estar durante o transporte. Responsável pelo setor de Carnívoros do Parque, o médico veterinário Marcos Leônidas explica que a aplicação é feita de forma cuidadosa, respeitando as características e necessidades específicas de cada espécie.

“Para realizar a tomografia em animais silvestres, é essencial garantir que o animal esteja devidamente sedado para evitar qualquer estresse ou desconforto, então, como trata-se de um animal já idoso, tivemos todo o cuidado, tranquilizamos ela antes mesmo de sair do Zoo, além de monitorá-la durante todo o caminho para garantir sua segurança e bem-estar”, afirma o veterinário Leônidas.

Já na clínica, o procedimento contou com a expertise de um anestesiologista veterinário, o Dr. Rafael Libório. O profissional explica que, durante o procedimento, os sinais vitais do animal são monitorados constantemente para garantir sua estabilidade.

“Foi um procedimento rápido e tranquilo. Fizemos um exame de tomografia para exames de imagem, tanto do tórax quanto abdome, e a gente visa, a partir disso, fazer um preventivo para nos antecipar a qualquer doença futura”, garante Rafael.

Sobre a onça

Com aproximadamente 35 quilos, a onça-parda em questão é descrita como uma das mais tímidas do zoológico, preferindo ficar em locais reservados e evitando o contato com o público em geral. Ela pertence a uma espécie que pode chegar a até 70 quilos, variando de acordo com a região e o biotipo. Essa espécie de onça ocorre em todo o Brasil, com variações de porte dependendo do ambiente em que se encontra.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas