21 C
Guanambi
14.3 C
Vitória da Conquista

Mais de seis mil candidatos compareceram às provas do concurso da Uesb

Mais Lidas

Foram aplicadas neste domingo, 21 de abril, as provas do concurso público da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). O certame está ofertando 96 vagas para a seleção, distribuídas nos cargos de técnicos e analistas universitários.

Dos 8.602 inscritos, 2.117 não compareceram e mais de 6,4 mil candidatos realizaram a prova nas cidades de Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista, municípios onde estão situados os campi da Uesb e que atuarão os candidatos convocados.

As vagas foram distribuídas para os cargos de técnicos, 60, e analistas universitários, 36. Desse total, 29 foram destinadas para a reserva de vagas e pessoas com deficiência. A previsão é que os convocados para as vagas diretas iniciem ainda neste ano as atividades.

Atuar em serviços públicos realizando projetos de diferentes ordens, mas, sempre a serviço do estado, é o sonho de muitos. O concurso público é o meio que garante não só isso, mas também uma estabilidade desejada pelas pessoas. Na Uesb, após 14 anos, foi realizada uma seleção pública, nesse domingo, para cargos de analistas e técnicos universitários.

De acordo com a Uesb, uma das principais justificativas para a realização do concurso foi o crescimento da Universidade durante esse tempo. “Nesse período, a Uesb criou, no mínimo, 20 a 25 novos cursos e isso inclui novos setores, laboratórios, colegiados. Toda uma estrutura foi sendo construída e que não tivemos o acompanhamento do respaldo técnico”, explica o reitor da Universidade, professor Luiz Otávio de Magalhães. O reitor complementou dizendo que, muitas vezes, a comunidade não tem o conhecimento de como são realizadas as políticas públicas, que precisam, necessariamente, também de um servidor técnico.

Ainda segundo o reitor, as vagas que estão sendo ocupadas nesse concurso são para suprir um déficit de 10 anos na Universidade, pois, desde 2014 não foram convocados mais servidores aprovados na última seleção para ocupar os cargos. Desde então, muitos servidores foram aposentados, pessoas que passaram em outros concursos, falecimento, entre outros.

A expectativa é que, além das convocações diretas, sejam convocados outros servidores a partir do próximo ano. “Esperamos que esse concurso tenha uma validade de mais quatro anos para que possamos, minimamente, ter uma estrutura de trabalho técnico que dê garantia de sustentabilidade para todas as políticas que são desenvolvidas aqui”, pontuou Luiz.

Jeane Marques presta serviço para a Uesb há mais de 20 anos e, agora, encarou a oportunidade de realizar a prova para ser efetivada. Há mais de quatro anos vem se preparando para outros concursos públicos e, assim que soube do concurso da Uesb, iniciou seu cronograma, junto com seu filho, que também é concurseiro.

A candidata realizou cursos on-line e todas as noites estudava para a prova. “Meu sonho é passar na Uesb e nos outros concursos daqui não entrei por pouco, por isso, decidi virar concurseira para me preparar melhor. Há mais de um ano venho me preparando especificamente para ele”, disse Jeane, candidata à vaga de técnica universitária.

Muitos candidatos também se inscreveram para os cargos de técnico e analistas universitários, ao mesmo tempo. Como é o caso de Pierre Lima que, apesar de não ser concurseiro, vem se preparando para a prova da Uesb. “Estou com boas expectativas, fiz um curso preparatório desde que saiu o Edital. A Uesb é um lugar de referência e, por se tratar de um cargo concursado, te dá um conforto no âmbito de trabalho”, explicou o candidato.

 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas