28.4 C
Guanambi
23.9 C
Vitória da Conquista

Inmet atualizou a previsão do tempo para todo o Brasil até 5 de junho

Mais Lidas

Nesta segunda-feira, 20 de maio, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou o Informativo Meteorológico nº 19/2024, com  a previsão do tempo para as próximas duas semanas e as condições observadas nos últimos 15 dias nas estações meteorológicos de todo o país.

De acordo com o prognóstico do órgão, entre os dias 20 a 27 de maio, poderão ocorrer acumulados de chuva que poderão ultrapassar 60 milímetros (mm) – tons em laranja -, em áreas das Regiões Norte e Nordeste.

Isso se deve à combinação do calor e alta umidade que continua influenciando as instabilidades nas regiões e provocando chuvas intensas. Em áreas da Região Sul, um sistema frontal deverá favorecer a ocorrência de volumes de chuvas significativos.

Previsão de 20 a 27 de maio

Região Norte: a combinação do calor e alta umidade irá provocar pancadas de chuvas no decorrer da semana, com valores maiores que 60,0 mm em áreas do centro-norte do Amazonas e do Pará, bem como nos estados de Roraima e Amapá. Nas demais áreas, não se descartam pancadas de chuvas isoladas com menores acumulados.

Região Nordeste, há previsão de chuvas especialmente entre os Estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco a partir de quinta-feira, dia 23. As instabilidades nestas áreas são provocadas devido ao transporte de umidade do oceano para o continente que favorecerão a ocorrência de chuvas, podendo superar os 40 mm. Não se descartam pancadas de chuvas isoladas em áreas da faixa norte, desde o Maranhão até o Rio Grande do Norte. Enquanto no interior da região, a previsão é de tempo quente e sem chuva.

Região Centro-Oeste: o tempo quente e seco irá predominar pelo menos até quarta-feira, porém a partir de quinta-feira o avanço de um sistema frontal sobre o Mato Grosso do Sul e sul do Mato Grosso poderá ocasionar chuvas nestas áreas, além de acentuado declínio de temperaturas.

Região Sudeste: o tempo será quente e seco, exceto em áreas São Paulo e Rio de Janeiro onde deve ocorrer chuvas rápidas e passageiras. No Espírito Santo, a previsão é de pancadas de chuvas isoladas mais para o final da semana.

Região Sul: a semana começa com tempo bom e sem chuva, mas a partir do dia 22, áreas de instabilidade associada a uma baixa pressão que avança em direção ao nordeste da Argentina e oeste do Rio Grande do Sul, dará origem a um sistema frontal no 23, provocando chuvas intensas no Rio Grande do Sul, que poderá vir acompanhadas de raios e rajadas de vento. Esse sistema irá se deslocar pela região e também deve influenciar áreas das Regiões Centro-Oeste e Sudeste nos dias subsequentes. Desta forma, o Inmet destaca a importância de acompanhar as atualizações da previsão do tempo e avisos meteorológicos especiais no site e nas redes sociais.

Previsão de chuva de 28 de maio a 5 junho

Previsão de chuva de 28 de maio a 5 de junho – Fonte: NCEP/NOAA

De acordo com o modelo de previsão numérica, a semana seguinte poderá apresentar volumes de chuva maiores que 70 mm no norte da Região Norte e costa leste da Região Nordeste.

Região Norte: os maiores acumulados de chuva devem ocorrer no centro norte do Amazonas e do Pará, além de áreas do oeste do Acre, Roraima e Amapá, com acumulados que podem superar 60 mm. Nas demais áreas, os volumes devem ser inferiores a 40 mm.

Região Nordeste: a previsão é de chuvas em forma de pancadas que podem superar os 60 mm em áreas litorâneas. Em áreas próximas da costa, não se descartam pancadas de chuvas isoladas com menores acumulados. E interior da região, tempo quente e seco.

Regiões Centro-Oeste e Sudeste: a previsão é de tempo seco e quente, exceto no leste da Região Sudeste, onde podem ocorrer chuvas rápidas e passageiras, com volumes inferiores a 50 mm.

Região Sul: a previsão é de tempo seco e quente, exceto no leste da região, onde podem ocorrer chuvas rápidas e passageiras.

Confira na íntegra o Informativo Meteorológico nº 19/2024

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas