20.4 C
Guanambi
14.2 C
Vitória da Conquista

Institutos Federais participam de competição de tecnologia na China

Mais Lidas

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta sexta-feira (17), que o Instituto Federal da Paraíba (IFPB) concorre na fase final de uma competição mundial na área de tecnologia da informação e comunicação (TIC), a Huawei ICT Competition 2023-2024.

De acordo com informações do MEC, a comitiva brasileira embarcou para a China neste domingo (19). Ao todo, foram selecionadas 14 instituições para essa etapa, sendo quatro brasileiras. Dentre elas, está o IFPB, que é tricampeão na trilha Cloud na América Latina.

Nessa trilha, os competidores são testados em seus conhecimentos sobre tecnologias de nuvem e inteligência artificial.

O IFPB conquistou uma vaga na final da competição, que acontecerá de 23 a 26 de maio, na cidade de Shenzhen, na China, após ter sido classificado na etapa latino-americana, realizada em abril, de forma remota.

Nesta edição, cerca de 120 mil estudantes de todo o mundo se inscreveram, representando mais de 2 mil instituições de ensino. O IFPB teve destaque nas trilhas Cloud, Network e Innovation (em português, “Computação em nuvem”, “Rede” e “Inovação”, respectivamente).

Docentes

A Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica alcançou, ainda, outro destaque no evento: o professor Givanildo Santos, do Instituto Federal da Bahia (IFBA), venceu o prêmio América Latina de Instrutor Mais Valioso, reconhecido pela sua excelência no ensino e na aplicação de soluções tecnológicas inovadoras em sala de aula.

O IFBA também terá um espaço no Fórum Mundial de Professores, programação paralela ao evento na qual são apresentadas boas práticas por docentes de todo o mundo.

Um representante do instituto vai falar sobre um projeto desenvolvido localmente que capacita e insere jovens de baixa renda, especialmente negros e mulheres, no mercado de TIC.

Já o professor Augusto Pereira, do Instituto Federal do Paraná (IFPR), apresentará a Política de Educação Inclusiva Tecnológica, em um painel conjunto com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Ele vai contar a história de Patrick Vieira, egresso do curso de Tecnologia e Análise em Desenvolvimento de Sistemas, que é deficiente visual e participou de cursos e programas de tecnologia e inovação no IFPR e, a partir dessa experiência, traçou uma nova trajetória profissional.

Novas tecnologias

Realizado desde 2015, o evento é voltado para estudantes das instituições vinculadas à ICT Academy, programa global da Huawei que oferece cursos de certificação.

O objetivo da competição é estimular o pensamento criativo dos participantes em novas tecnologias e plataformas, no intuito de fomentar a formação de talentos na área da TIC, especialmente nos temas computação em nuvem, redes e inteligência artificial.

Em 2024, o tema da competição é “Guiando um futuro mais digital, inclusivo e diverso”, com foco no fortalecimento da presença feminina no mercado de tecnologia.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas