22.4 C
Guanambi
18.1 C
Vitória da Conquista

Fábrica de calçados fechada na Bahia será reaberta por outra empresa

Mais Lidas

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) informou nesta quinta-feira (23), que a Lia Line anunciará a implantação de unidade fabril no município de Ipirá, 210 quilômetros da capital baiana, com a perspectiva de geração de 1 mil empregos diretos e 200 indiretos.

De acordo coma Secretaria, o grupo deve começar a operação em julho deste ano. Protocolo de intenções, com investimentos de R$ 20 milhões, foi assinado entre a empresa e o Governo do Estado, nesta quinta-feira (23).

“Hoje celebramos este protocolo com muita felicidade. A Lia Line vai ocupar a fábrica onde funcionou durante 20 anos a Paquetá. Após seu fechamento no ano passado, fico muito feliz em anunciar a chegada de outra calçadista em Ipirá, grupo catarinenese com 11 anos na Bahia. A instalação da décima unidade vai proporcionar emprego e renda no município, que tem profissionais experientes no segmento”, afirma Angelo Almeida, gestor da pasta.

O diretor do Grupo Lia Lina, Irivan Soares, enfatizou que a abertura de mais uma unidade na Bahia fortalece a posição da empresa no mercado nacional. “A nova fábrica nos ajuda a continuar competindo no mercado e Ipirá, por ser uma planta grande, nos possibilita a capacidade de expandir com mais força. Iremos produzir calçados femininos e a pretensão é que 30% sejam exportados e o restante seja distribuído nacionalmente”, afirma. A unidade terá capacidade de produção de até 2 milhões de pares/ano.

Instalada na Bahia desde 2013, o Grupo Lia Line emprega mais de 3 mil funcionários em nove unidades industriais, fabricando calçados femininos e infantis. Está presente nos municípios de Itapetinga, Firmino Alves, Itororó, Ibicuí, Valente, Conceição do Coité e Camacan.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas