AssentamentoO Brasil ficou na 60ª colocação no ranking mundial de educação divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nesta quarta-feira (13). Foram avaliados 76 países na pesquisa e, segundo o Estadão, o desempenho é analisado através de testes de matemática e ciências feitos por estudantes com mais de 15 anos. A educação brasileira ficou atrás de países como Tailândia (47º), Irã (51º), Malásia (52º), além de vizinhos Chile (48º) e Uruguai (55º). As primeiras posições foram ocupadas por Cingapura, Hong Kong, Coréia do Sul, Japão e Taiwan, todos na Ásia. Andreas Schleicher, diretor da OCDE, afirma que esta é a primeira vez que o ranking consegue estabelecer uma escala verdadeiramente global da educação. “A ideia é dar a mais países, ricos e pobres, a possibilidade de comparar a si mesmos com os líderes mundiais em educação para descobrir seus pontos fracos e fortes e ver o ganhos econômicos a longo prazo gerados pela melhoria da qualidade da educação”, afirmou.

Anúncio

Deixe uma resposta