Anúncio

Rádio Itatiaia

Os seis mil moradores da cidade de Barra longa, na região de Mariana, pedem socorro às autoridades. O analista contábil Leonardo de Freitas, 37 anos, que mora no município, entrou em contato com a redação da Itatiaia nesta sexta-feira para informar que a lama das duas barragens rompidas na tarde dessa quinta-feira (5) chegou à cidade, que a 60 km do local do rompimento.

vianorte post

“Ajudem, por favor. Água e lama subindo neste momento, pois a água está muito próxima do reservatório da Copasa”, disse o analista.

Conforme relato dele, todas as propriedades rurais próximas à margem do rio que passa pela cidade foram atingidas. “O que está claro é que a lama continua subindo, por enquanto. Diversos entulhos e objetos descendo”, conta.

Sketch Post

Em nova nota divulgada na manhã desta sexta-feira (6), a Samarco afirmou que atua junto com a Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros e a PM após o rompimento das barragens em Bento Rodrigues, distrito de Mariana (MG). Segundo a nota, as operações da mineradora estão paralisadas e que ainda não é possível afirmar o número de vítimas e desaparecidos.

Ainda de acordo com a nota divulgada pela Samarco nesta manhã, o rejeito que atingiu Mariana é composto, em sua maior parte, por areia e não representa nenhum elemento químico que possa ser danoso à saúde.

Anúncio

Deixe uma resposta