Bahia Notícias

A Câmara de Salvador encerrou o ano de 2015 com um balanço financeiro positivo. O Legislativo Municipal economizou R$ 15 milhões e devolverá o dinheiro para a Prefeitura. Segundo o presidente Paulo Câmara (PSDB), o valor representa a maior devolução de recursos da história da Casa. Com o uso do pregão eletrônico pela Comissão de Licitação (Compel), foram economizados mais de R$ 8 milhões.

Além disso, a desapropriação do Edifício Rio Lima garante uma economia de R$ 252 mil por ano. Atualmente, o prédio é usado por servidores das diretorias Administrativa, Financeira e parte da Legislativa, da Procuradoria Jurídica e Controladoria. “Apesar de ter sido um ano de muitas ações, conseguimos fazer bom uso dos recursos e o resultado é muito positivo, sobretudo no período de crise pela qual passa o país”, afirma Paulo Câmara. Na última terça-feira (22), a Casa ainda teve suas contas aprovadas sem ressalvas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) (veja aqui). No balanço de 2015, o Legislativo Municipal registrou 1.141 projetos apresentados e 916 aprovados. Entre elas, a Prefeitura encaminhou 27 matérias e teve 21 aprovadas.

Anúncio

Deixe uma resposta