Redação do Blog

Segundo o portal Folha de São Paulo, em matéria publicada na sexta-feira, 12, o presidente Michel Temer vai anunciar um novo reajuste do Bolsa Família, que pode chegar a 5%. Ainda segundo a fonte, tal reajuste se configura em uma tentativa do presidente peemedebista aumentar sua popularidade em meio às reações contra as reformas da Previdência e da legislação trabalhista.

Relata a matéria da Folha que o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, anunciou que o aumento no valor do benefício, hoje em média de R$ 182 por família, será oficializado em julho e ficará um pouco acima da inflação verificada no período. O ministro teria dito também que havia cerca de 500 mil famílias à espera de uma vaga do programa até o fim do ano passado, mas que nos três primeiros meses deste ano esse número chegou a zero.

Segundo o jornal, nem todos os pobres e miseráveis do país estão na fila do Bolsa Família, porque o cadastro do programa é feito pelas prefeituras que muitas vezes têm dificuldades para localizá-los, e muitos acabam fora do programa por causa de falhas técnicas e problemas com documentação.

O portal Folha de São Paulo ainda diz que outras medidas de apoio ao programa também serão anunciadas nas próximas semanas na tentativa de turbiná-lo. De acordo a matéria, o presidente Temer disse a aliados que, diante da oposição às reformas seu governo precisa mostrar que também atua na área social.

Anúncio

Deixe uma resposta