1428162264_909669_1428163047_noticia_normalApós 14 meses sem aparecer publicamente, o ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, 88 anos, fez uma visita a um grupo de 33 venezuelanos em uma escola em Havana, capital do país. Segundo a Agência Brasil, o jornal Granma, órgão oficial do Partido Comunista de Cuba, relatou que o encontro, ocorrido na última segunda-feira (30), teve duração de uma hora e meia. É preciso trabalhar rapidamente, reunir muitas assinaturas destinadas ao presidente [Barack] Obama, de modo que a Venezuela deixe de ser considerada uma ameaça para a segurança dos Estados Unidos”, disse Fidel aos visitantes. Em fotos divulgados pelo Granma, Fidel aparece em um veículo acenando para o grupo. “Fidel está cheio de vitalidade. Afirmam que esta é a definição mais recorrente dentro do grupo de amigos que o viram e puderam conversar com ele”, diz um trecho da publicação. A última aparição pública do ex-presidente foi no dia 8 de janeiro de 2014, durante a inauguração de uma galeria de arte em Havana. Fidel já havia feito poucas participações em eventos desde que abandonou o cargo em 2006, por problemas de saúde, sendo substituído por seu irmão, Raúl Castro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui