21.4 C
Guanambi
16.7 C
Vitória da Conquista

Justiça Eleitoral aplica multa de R$ 360 mil ao prefeito de Brumado

Mais Lidas

Bahia Notícias

Uma Ação de Investigação Eleitoral (AIJE) impetrada na Justiça Eleitoral de Brumado pela candidata derrotada nas últimas eleições de 2012, Marizete Pereira (PT), dizia respeito a um possível abuso de poder econômico e político do prefeito municipal, Aguiberto Lima Dias (SD), que poderia ter utilizado a máquina pública – os funcionários e as dependências da Casa Legislativa – em prol de sua campanha eleitoral. Na ação, Pereira pediu a cassação do diploma do prefeito e de sua vice, a odontóloga Cristina Gondim (PSDB), e a inelegibilidade de ambos por oito anos. Na época, Aguiberto era presidente da Câmara Municipal e, durante o período eleitoral, o vereador José Ribeiro Neves (PT) teria flagrado funcionários do legislativo manuseando materiais de campanha do então candidato Aguiberto dentro das dependências da Câmara. Na última sexta-feira (24), o juiz eleitoral Genivaldo Alves Guimarães, mesmo julgando improcedente o pedido da petista, executou o chefe do executivo municipal, para, no prazo de quinze dias, efetuar o pagamento de R$ 360 mil, sob pena de acréscimo de multa de 10%, e outras providências. Isso porque, o ora executado, na qualidade de Presidente da Câmara, foi intimado a apresentar cópia de imagens captadas pelo circuito de vídeo monitoramento da Câmara, relativas a fatos lá ocorridos em 20 de setembro de 2012, sob pena de multa diária de R$ 5.000,00, e não obedeceu.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas