20.5 C
Guanambi
18.4 C
Vitória da Conquista

Assembleia contratou 24 ex-deputados em 10 anos, diz Mendes; PSOL vai acionar Nilo

Mais Lidas

8041-3

O PSOL deve acionar judicialmente o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PDT), por causa da contratação de ex-deputados como funcionários da Casa. Atualmente, oito ex-membros da AL-BA atuariam em cargos de livre nomeação, com salários entre R$ 5 mil e R$ 13,3 mil. Mas, segundo o presidente estadual do PSOL, Marcos Mendes, um levantamento aponta que pelo menos 24 ex-parlamentares foram contratados pelo órgão na última década. “A Assembleia está acomodando parlamentares derrotados em pleitos. Enquanto isso, as nomeações de concursados não são efetivadas. […] Eles acomodam até os caras se resolverem, arranjarem outra coisa”, disse Mendes ao A Tarde. De acordo com o jornal, entre os que já foram funcionários da AL-BA após derrota nas eleições estão o atual deputado federal Márcio Marinho (PRB) e o atual prefeito de Jacobina, Rui Macedo (PMDB). “A gente esperaria algum parlamentar que tivesse uma voz dissonante de tudo que está lá, mas há indícios de que todos os partidos são beneficiados”, concluiu o líder do PSOL.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas