33.2 C
Guanambi
28.4 C
Vitória da Conquista

PT e PSOL já registraram candidaturas ao Governo da Bahia

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

O Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) foram os primeiros a registrar as candidaturas ao Governo da Bahia. O prazo foi iniciado no último dia 20, após o início da convenções partidárias, e vai até 15 de agosto. A campanha eleitoral está prevista para começar no dia seguinte.

O PSOL foi o primeiro partido a realizar o registro para a chapa majoritária. Kleber Rosa vai representar o partido no pleito e terá como candidato a vice-governador Rodrigo Mansur. O partido também registrou a candidatura de Tâmara Azevedo ao Senado.

Kleber Rosa e Rodrigo Mansur

O candidato a governador tem 48 anos e é natural de Salvador. Ele é cientista social e mestre em Educação. Rosa faz parte da diretoria da Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (Fetrab).

O PSOL concorre às eleições de 2022 em federação com a Rede. Esta será a primeira eleição sem coligações para disputadas de vagas na Câmara Federal e nas assembleias legislativas. Diferente da coligação, a federação obriga os partidos a permanecerem sob a mesma atuação durante todo o mandato.

Jerônimo Rodrigues e Geraldo Júnior
Jerônimo Rodrigues e Geraldo Júnior

O PT oficializou na sequência o nome de Jerônimo Rodrigues, ex-secretário estadual de Educação. O vice de sua chapa é o ex-presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior, do MDB. A coligação é composta pela Federação Brasil da Esperança (PT/PC do B/PV) e pelo PSB, PSD, AVANTE e MDB.

Jerônimo Rodrigues é professor do quadro da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Ele é natural de Jequié e formado em agronomia, além de mestre em Ciências Agrárias.

Na política ele atuou como secretário executivo adjunto do Ministério do Desenvolvimento Agrário; secretário nacional do Desenvolvimento Social; assessor especial da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia; assessor especial da Secretaria de Planejamento; secretário de Desenvolvimento Rural.

Pelo menos mais três partidos devem registrar candidatura ao Palácio de Ondina até o fim do prazo. O União Brasil vai apostar em ACM Neto, atualmente liderando as pesquisas de intenção de voto. Já o PL deve registrar o nome de João Roma e o PCB vai com Giovani Damico para a disputa.

Registro de Candidaturas

Até o início da manhã desta quinta-feira (4), além dos dois candidatos a governador e seus vices, a Bahia já tem registrados dois candidatos a Senador e seus respectivos suplentes, 118 a deputado federal e 123 a deputado estadual.

Além do PSOL, o PMN registrou candidatura ao Senado. O partido apresentou o nome de Marcelo Siqueira Barreto, de 56 anos é o nome escolhido pela sigla para disputar a única vaga da Bahia no pleito.

Os registros de candidatura serão analisados pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia e pela procuradoria eleitoral sobre as condições de elegibilidade.

Presidência

Para a presidência, quatro partidos registraram seus candidatos. Pelo Novo vai concorrer Felipe D'Avila. Já o UP registrou Léo Péricles, enquanto o PROS registrou Pablo Marçal e o PCB Sofia Manzano.

Os registros podem ser acompanhados no sistema Divulgacand.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -