Anúncio

Tiago Marques | Redação 96FM

Já estão em operação, os pluviômetros automáticos do Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais (CEMADEN). O projeto “Pluviômetros Automáticos” tem como objetivo ampliar a rede de monitoramento pluviométrico no Brasil, para melhorar a previsão de desastres naturais e reduzir os danos socioeconômicos e ambientais, fortalecendo as capacidades locais de enfrentamento de eventos adversos como alagamentos e secas prolongadas.

O pluviômetro é um aparelho meteorológico usado para recolher e medir, em milímetros, a quantidade de chuva precipitada durante um determinado tempo e local. Os equipamentos que serão instalados pelo Cemaden enviam os dados de forma automática e não necessitam de energia elétrica para funcionar. Como a função do equipamento é coletar e medir a chuva, é necessário que seja instalado em locais descobertos onde não haja obstáculos (árvores, prédios altos, etc.) que possam interferir na quantidade de chuva captada.

Na Região de Guanambi foram instalados vários pluviômetros, para envio de dados para o mapa interativo do CEMADEN. Em Candiba, Palmas de Monte Alto, Licínio de Almeida, Igaporã, Caculé e Rio do Antônio, os pluviômetros já estão em funcionamento. Em Guanambi, Caetité, Matina, Iuiu, Carinhanha e Riacho de Santana os equipamentos ainda não estão em operação.  A vantagem é prover as populações locais com instrumentos que contribuam para a prevenção de desastres naturais, além de incentivar o desenvolvimento da cultura de percepção de riscos. Acesse o mapa interativo do CEMADEN.

pluviometros
Os pluviômetros do CEMADEN registraram precipitação de 39mm em Palmas de Monte Alto e 42mm em Licínio de Almeida, entre as 20:00 do dia 13 e as 20:00 do dia 14 de Janeiro

 

 

instituições que queiram contribuir para o monitoramento do Cemaden e com a melhoria das operações de Defesa Civil no município pode solicitar a instalação de um pluviômetro. Podem ser entidades parceiras: Coordenadorias Municipais de Defesa Civil, Coordenadorias Estaduais de Defesa Civil, Prefeituras e suas secretarias, Governo do Estado e suas secretarias, escolas e universidades, empresas públicas, organizações não governamentais, institutos de pesquisa, etc. A função da entidade parceira será fornecer o local para a instalação do equipamento, permitir acesso aos profissionais de manutenção (fornecidos pelo Cemaden), zelar pela conservação do aparelho e comunicar eventuais problemas.

O objetivo principal da instalação dos pluviômetros automáticos é instrumentalizar as áreas de risco no país, de modo a propiciar para a comunidade a obtenção de dados pluviométricos acessíveis em tempo real, o que facilitará a mobilização da população na iminência de um desastre natural e contribuirá para o trabalho das defesas civis federal, estaduais, municipais e do Distrito Federal, e, além disso, poderá contribuir para reduzir os danos humanos e materiais.

Em Guanambi, estação do INMET mostra dados meteorológicos em tempo real

ESTAÇÃO INMET GUANAMBIJá funciona em Guanambi desde 2008, a estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Esta estação está localizada no aeroporto Isaac Moura Rocha, além da precipitação, são coletados dados de temperatura, umidade do ar, velocidade do vento e radiação. Em 2015 foi registrada a maior temperatura desde o seu funcionamento. No dia 13 de Novembro os termômetros chegaram a marcar 40,6ºC. A estação do INMET também registrou a falta de chuvas no semestre de 2015, foram registrados apenas 90mm de precipitação.

Acesse os dados da estação

Anúncio

um comentários

Deixe uma resposta