Anúncio

Está difícil trafegar pela BA-938, rodovia que liga Guanambi à Ceraíma. Como ocorre todos os anos, após a chuva, os buracos tomaram conta da pista construída há mais de 20 anos e que precisa ser recapeada urgente.

A rodovia é muito movimentada, além do distrito de Ceraíma, a pista é utilizada para dar acesso ao Instituto Federal Baiano, ao distrito de Guirapá (Pindaí) e à comunidades rurais. Foi só cair as primeiras chuvas que os buracos  surgiram. Ainda no final do ano passado, a prefeitura de Guanambi chegou a intervir na via estadual, realizando uma operação tapa buracos.

O secretário municipal de Infraestrutura de Guanambi, Geovani Mercês, concedeu entrevista ao programa 96 Notícias da última sexta-feira (22). Em conversa com Jota Jota e Gilson Medina, o secretário garantiu que uma nova operação de tapa buracos será feita assim que as chuvas cessarem. Ele disse ainda que não há planejamento por parte da prefeitura de recapear a estrada, uma vez que a mesma é de responsabilidade do governo estadual.

Enquanto isso, motoristas colocam vidas em risco tentando desviar dos buracos, os motociclistas são os que mais reclamam do risco de levarem uma fechada e sofrerem acidentes. Jadson Costa é diretor administrativo do IF Baiano e utiliza o trajeto todos os dias, em publicação no Facebook ele disse que a instituição já solicitou apoio de deputados para indicação de recursos para recuperação da rodovia e que todos se manifestaram favoráveis, mas nenhuma ação concreta foi tomada até o momento.

Em uma rápida pesquisa no google, foi possível localizar uma indicação da deputada Ivana Bastos em 2012 solicitação ao governo do estado a recuperação da via. Outro deputado que também solicitou o mesmo foi Vitor Bonfim, este em Agosto de 2015. Até o momento, o governo não se sensibilizou para a situação da via.

Barragem de Ceraíma

A medição atualizada na manhã desta terça-feira (26) é de que a barragem de Ceraíma está a 1,5 metros de seu limite. A barragem subiu 0,8 metros em 48 horas. No domingo faltava ainda 2,3 metros para o limite. Veja o vídeo.

Anúncio

um comentários

  1. Não foram as chuvas que detonaram a estrada que liga Guanambi a Ceraíma pois, há vários anos que, quando vou região, em período chuvoso ou não, as condições da estrada é sempre a mesma, exatamente igual ou pior do que está agora. O que o motorista pode fazer só é escolher o buraco que deve cair, já que não há outro jeito. Aliás, passava uma estrada naqueles buracos. Acredito que as vezes jogam uma borrinha de asfalto para disfarçar as crateras, o que não melhora em nada as condições da estrada, e agora com as chuvas, as condições da via apenas pioraram. Descaso total com as famílias que vivem em Ceraíma, e com todos aqueles que dependem daquela via para algum fim.

Deixe uma resposta