Elton Zacarias e João Carlos Tupinambá
Elton Zacarias e João Carlos Tupinambá
Elton Zacarias e João Carlos Tupinambá

O Secretário Executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Elton Santa Fé Zacarias, esteve reunido ontem (7) com a Diretoria Executiva das Indústrias Nucleares do Brasil – INB para conhecer as atividades da estatal e o panorama atual do setor nuclear brasileiro.

Durante o encontro, foi exibido um vídeo sobre a atuação da INB, suas unidades operacionais e atividades de produção. Em seguida, o presidente da empresa João Carlos Tupinambá e os diretores Marcelo Xavier (Fiananças e Administração), Álvaro Luís de Alves Pinto (Enriquecimento Isotópico de Urânio), Laércio Aguiar da Rocha (Recursos Minerais) e Giovani Moreira (Produção do Combustível Nuclear) fizeram apresentações detalhadas da estrutura e do trabalho desenvolvido pela empresa.

A INB é vinculada ao MCTIC e atua na cadeia produtiva do urânio, desde a mineração até a fabricação do combustível que gera energia elétrica nas usinas nucleares. O Secretário Executivo afirmou ter ficado satisfeito com o que foi apresentado neste primeiro contato:

– Foi uma primeira reunião de trabalho para tentar entender a empresa, suas dificuldades e sua perspectiva de futuro. É um tema bastante complexo, que tem uma série de atores envolvidos, mas eu acho que a INB está trabalhando para abrir novas fontes de mercado, então eu fiquei bastante satisfeito – concluiu.

Para o presidente da INB, João Carlos Tupinambá, o encontro foi importante para apresentar o cenário atual do setor nuclear:

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

– Passamos ao secretário uma ideia dos problemas atuais que nós atravessamos e das possíveis soluções que podemos encontrar trabalhando juntos. É importante que toda a área nuclear possa fazer um trabalho conjunto, que nós tenhamos um alinhamento estratégico até para otimizar nossos recursos e nossos processos – afirmou.

HR BAHIA

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui