24.2 C
Guanambi
22 C
Vitória da Conquista

Observatório FG do Semiárido Nordestino completa um ano de atividades

- -

Últimas Notícias

Tiago Marques
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com.br/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
https://materiais.henet.com.br/guanambi

O Observatório FG do Semiárido Nordestino completou, no dia 17/09/2016,  um ano de atividades acadêmicas e de pesquisa. O projeto surgiu com a proposta de ser um centro de estudos multidisciplinares orientado para temáticas que envolvam o semiárido do Nordeste brasileiro, visando nortear projetos, subsidiar pesquisas e contribuir para a formulação e implantação de políticas públicas.

Com o intuito de fortalecer a rede de pesquisa no semiárido brasileiro, o Observatório vem consolidando parcerias que foram fundamentais para o amadurecimento das temáticas dos projetos de pesquisa. Foram firmadas parcerias com o Consócio dos Municípios de Desenvolvimento Sustentável Alto Sertão, Instituto Desenvolvimento Sertão Produtivo (IDESP), Museu do Alto Sertão da Bahia, dentre outras instituições de ensino e pesquisa.

Atualmente, o Observatório FG conta com nove núcleos de pesquisa, 47 professores envolvidos diretamente com pesquisa, 10 colaboradores (outras instituições de ensino, pesquisa e profissionais), cinco discentes de iniciação cientifica e mais de 21 estudantes envolvidos nos núcleos de pesquisa. Como desdobramentos das atividades realizadas desde que foi criado, o Observatório apresentou resultados de pesquisas em eventos de abrangência nacional, como a participação destacada na 68ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e no Congresso Nacional de Direito Urbanístico, realizado em Fortaleza.

img_2249Ao longo de um ano de atividades envolvendo seus pesquisadores, o Observatório sistematizou dados sobre a cobertura vegetal da cidade de Guanambi, através de imagens de alta resolução espacial; analisou a distribuição dos casos de hanseníases em 1.117 municípios no semiárido brasileiro; realizou análise espacial do resíduos sólidos no Sudoeste do semiárido baiano; avaliação da distribuição pluviométrica da microbacia do rio Carnaíba; avaliação do IPTU e renda da cidade de Guanambi; constituição de bases cartográficas urbanas, avaliação da vegetação natural da  sub-bacia do riacho das Rãs (BA) e do rio Gavião (BA), dentre outras pesquisas em fase de execução.

Segundo os coordenadores do projeto, professores Thomas Leal, Carlos Magno Clemente e Deborah Pereira, o Observatório FG do Semiárido Nordestino segue a sua missão em investigar e difundir informações técnicas e científicas por meio de análises multidisciplinares, reflexivas e críticas, promovendo uma rede de articulação colaborativa entre pesquisadores das mais diversas áreas do conhecimento do Semiárido Brasileiro. Saiba mais sobre o Observatório FG.

Ascom FG

Leia também:

Observatório FG divulga resultado da prova escrita do processo seletivo para pesquisadores discentes

Observatório FG recebe estudante de outra instituição para estágio de férias

Relacionadas

Deixe uma resposta

- -

Mais Lidas