Três carretas saíram de Remanso, 720 quilômetros de Salvador, no Vale do São Francisco, com 154 jegues que, segundo a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), seriam levados para o estado de Minas Gerais, lá seriam abatidos e a pele dos animais seria vendida para indústria farmacêutica da China.

As carretas com os animais foram apreendidas na sexta-feira (4/11), na BR-235, próximo a Casa Nova, região norte do estado baiano. Ainda de acordo com a Adab, os animais eram roubados de fazendas próximas e vendidos para atravessadores por R$ 10 R$ 20 cada animal. Após a apreensão os jegues serão soltos em uma fazenda de Remanso, já os motoristas dos veículos foram multados em mais de R$ 8 mil reais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui