31.1 C
Guanambi
Brasil Multas de trânsito poderão ser pagas com cartão de crédito
sábado, 8 maio, 2021
Anúncio

Multas de trânsito poderão ser pagas com cartão de crédito

A partir de agora, os pagamentos poderão ser feitos em parcelas, por meio de cartão de crédito. Cartões de débito também poderão ser utilizados para pagamentos integrais

Últimas Notícias

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira (18/10) resolução que altera a forma de pagamento das multas de trânsito e demais débitos relativos aos veículos. A partir de agora, os pagamentos poderão ser feitos em parcelas, por meio de cartão de crédito. Cartões de débito também poderão ser utilizados para pagamentos integrais.

O conselho aponta que a medida objetiva aperfeiçoar o processo de cobrança e quitação de débitos. O parcelamento poderá englobar uma ou mais multas de trânsito. O órgão de trânsito receberá o valor integral no momento da operação e, então, procederá com a regularização do veículo.

Caso a divisão do valor em parcelas gere cobrança de juros, o acréscimo deverá ficar a cargo do titular do cartão, que deve ter acesso a informações sobre custos operacionais antes da efetivação da operação de crédito. Já as operadoras arcarão com possíveis atrasos.

A resolução já está em vigor, mas cada órgão de trânsito ainda precisa habilitar as operadoras de cartões para oferecer o serviço, que não é obrigatório. Alguns Detrans e prefeituras já fazem parcelamentos por meio de documentos de arrecadação, geralmente com pagamento do primeiro boleto da dívida na hora da assinatura do termo de adesão.

De acordo com o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Elmer Vicenzi, muitos proprietários faziam este tipo de parcelamento apenas para regularizar o veículo, obter o licenciamento ou permitir a realização de transferência, mas depois não pagavam o restante das parcelas. Com a nova regra, cada órgão de trânsito poderá habilitar empresas financeiras para oferecer a alternativa de pagamento por cartão e quitar dívidas dos proprietários de veículos.

Não poderão ser parcelados

De acordo com a norma, não poderão ser parcelados os seguintes tipos de débito: as multas inscritas em dívida ativa; os parcelamentos inscritos em cobrança administrativa; os veículos licenciados em outras unidades da federação; e multas aplicadas por outros órgãos autuadores que não autorizam o parcelamento ou arrecadação por meio de cartões de crédito ou débito.

Relacionadas

Mais Lidas

Carros usados durante explosão de bancos em Correntina são encontrados em Carinhanha

Três carros usados durante assalto as agências bancarias de Correntina/BA foram encontrados na zona rural de Carinhanha, nesta sexta-feira (7). Os veículos foram encontrados...

Agências bancárias são destruídas simultaneamente em Correntina

Três agências bancárias foram explodidas por grupos criminosos, na madrugada desta sexta-feira (7), na cidade de Correntina. De acordo com o site À Tarde,...

Decreto amplia horário para toque recolher em Guanambi

Um novo decreto ampliou o horário do início do toque de recolher para 22h, a partir desta sexta-feira (07), em Guanambi. A decisão foi...

Guanambi registrou mais dois óbitos relacionados à Covid-19 nesta quinta-feira

O município de Guanambi registrou mais dois óbitos em decorrência das complicações do Coronavírus, nesta quinta-feira (06), conforme informação do boletim epidemiológico divulgado pela...

Vice-prefeito assume a Prefeitura de Guanambi por 15 dias

O Vice-prefeito Arnaldo Azevedo assume a Prefeitura de Guanambi por 15 dias. O ato breve, foi realizado no Gabinete Municipal, na tarde desta quinta-feira...

Hospitais municipais de Guanambi e Serra do Ramalho ganham recursos do SUS para leitos da Covid-19

Os hospitais municipais de Guanambi e Serra do Ramalho ganharam recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) para custear oito leitos com suporte de...

Deixe uma resposta