24 C
Guanambi
18.7 C
Vitória da Conquista

Cinco argentinos estão entre os mortos do atentado em Nova York

9,101FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Advertisement

O Ministério de Relações Exteriores dos Estados Unidos informou que das oito pessoas mortas no ataque terrorista ocorrido em Nova York, cinco são argentinos. Todos teriam entre 45 e 50 anos e fariam parte de um grupo de amigos que estudaram juntos e foram aos EUA para visitar um ex-colega que mora em Nova York.

A viagem seria uma comemoração aos 30 anos de sua formatura em um colégio da cidade de Rosario. Os mortos argentinos foram identificadas pelo Ministério de Relações Exteriores como Hernán Mendoza, Diego Angelini, Alejandro Pagnucco, Ariel Erlij e Hernán Ferruchi. Outro argentino estaria entre os feridos e fora de perigo.

Uma belga estaria entre os mortos do ataque com caminhão em Nova York, informa a chancelaria da Bélgica. “Com profundo pesar devo anunciar uma vítima belga em Manhattan, e expresso minhas condolências aos seus familiares e amigos”, postou no Twitter o chanceler belga Didier Reynders. A mulher seria de  Roulers e estaria nos EUA com sua irmã e sua mãe.

Um veículo invadiu uma ciclovia e caminho de pedestres em Manhattan, Nova York. Oito pessoas morreram e onze ficaram gravemente feridas. O prefeito de NY, Bill de Blasio, diz que se trata de um ‘covarde ato de terrorismo. Uzbeque Sayfullo Saipov, que mora em Nova Jersey, é suspeito. Ele foi baleado e esta detido.

Sayfullo Saipov, motorista do caminhão usado em atropelamentos em série em Nova York, teria entrado nos EUA em 2010.

- Advertisement -

O governo do Uzbequistão ofereceu ajuda nas investigações já que o autor do ataque em Nova York nasceu no país, de acordo com a France Presse.

 

Destaques Cinco argentinos estão entre os mortos do atentado em Nova York

Deixe uma resposta

Relacionadas