Reprodução

Uma conferência promovida pelas Nações Unidas e a União Europeia (UE) que reuniu doadores para a Síria, encerrada nesta quarta-feira (25), em Bruxelas, arrecadou cerca de US$ 4,4 bilhões em auxílio para a nação asiática este ano. Mais de 30 países e organizações presentes também prometeram US$ 3,4 bilhões para o próximo ano com a mesma finalidade. A informação é da ONU News.

O subsecretário-geral para Assuntos Humanitários da ONU agradeceu a contribuição dos 36 doadores. Mark Lowcock disse que estes valores “são um bom começo” e que “farão uma diferença verdadeira na vida dos sírios apanhados por esta crise horrível”.

Durante a conferência, o secretário-geral das Nações Unidas António Guterres pediu, em mensagem de vídeo, que “a notável generosidade demonstrada pelos doadores humanitários no ano passado fosse sustentada e, se possível, aumentada.” Ele frisou que “a escala de necessidades humanitárias na Síria continua a ser desconcertante”.

Apesar das dificuldades no processo de paz, o chefe da ONU afirmou que existem boas notícias. No recente retiro do Conselho de Segurança, que aconteceu na Suécia, Guterres sentiu “um forte compromisso” dos Estados-membros em melhorar a situação.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui