32.1 C
Guanambi
25.9 C
Vitória da Conquista

Explosão em laboratório na UFRJ queima 20% do corpo de aluna grávida

Ela sofreu corte no rosto, no pescoço e nas mãos, cortes acompanhados com queimadura de ácido

Mais Lidas

Uma explosão em um laboratório da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) deixou três pessoas feridas, entre elas, uma aluna grávida. O episódio aconteceu na manhã desta quarta-feira (15). A assessoria da UFRJ informou que as três vítimas foram encaminhadas para o Hospital Universitário.

O acidente foi na sala de polimento de amostras do Laboratório de Práticas de Metalografia, no segundo andar do prédio de Metalurgia do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia – Coppe/UFRJ, localizado no Bloco F da Ilha do Fundão. O andar foi interditado.

Em nota, a Reitoria da UFRJ informou que a explosão ocorreu durante um experimento e as causas do acidente serão investigadas pela instituição.

Segundo o G1, a polícia também realizou uma perícia no local. Umas das perguntas que os agentes pretendem responder é se os funcionários e a aluna estavam usando equipamentos de segurança no momento do acidente.

A vítima mais grave é a aluna identificada como Isabela Rocha que está grávida e teve 20% do corpo queimado, segundo bombeiros. Erickson Almendra, diretor administrativo da Coppe disse que “Ela sofreu corte no rosto, no pescoço e nas mãos, cortes acompanhados com queimadura de ácido. Ela foi atendida, foi estabilizada, não houve perda de sangue”, explica.

A Coppe é o maior centro de ensino e pesquisa em engenharia da América Latina.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas