Reprodução

As empresas de telefonia Telsul Serviços e Telemar Norte Leste, ambas do Rio de Janeiro, foram condenadas a pagar R$ 200 mil de indenização por dano moral coletivo a trabalhadores baianos. De acordo com informações do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5), as instituições são acusadas de submeter os colaboradores a condições precárias e degradantes de trabalho.

Ainda segundo o TRT5, os trabalhadores eram tratados de forma desumana durante a construção de galerias e colocação de tubos subterrâneos para cabeamento da rede de telecomunicações no Rio de Janeiro. O ministério Público do Trabalho – MPT apontou que os alojamentos eram precários e que nos locais de trabalho não havia água potável nem lugar adequado para refeições, que eram feitas na rua. Também foi constatada a manutenção de empregados em serviços externos sem portar ficha de registro e a falta de reposição de uniformes danificados.

O juízo da 14ª Vara do Trabalho no Rio de Janeiro fixou a indenização em R$ 200 mil, com o valor a ser revertido para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). No entanto, o Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região pediu que a condenação aumentasse para R$ 1,5 milhão. A decisão, no entanto, não foi aprovada e a multa continuou com o valor fixado a priori.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui