Reprodução
Anúncio

Na próxima segunda-feira (17), a Defesa Civil da Bahia deverá publicar um decreto de reconhecimento de situação de emergência em 200 municípios afetados pela seca.

O objetivo é manter o atendimento da população da zona rural com caminhões pipas contratados pelo Exército e garantir recursos para obras emergenciais de abastecimento de água, e assistência a mais de quatro milhões de baianos.

No dado mais recente da  Superintendência de Defesa Civil (SUEDC), na última segunda-feira (10), a Bahia estava com 194 municípios em situação de emergência. De acordo com os dados, os prejuízos atingem 4,1 milhão de habitantes (25% da população do Estado). Isso também representa 48% dos 417 municípios.

Segundo o jornal Tribuna da Bahia, nessas cidades as reservas de água estão em níveis críticos e por isso mesmo aproximadamente dois mil caminhões pipas, dos quais 1.558 contratos pelo Exército, abastecem a população rural e parte da urbana.

Em Guanambi, a prefeitura decretou Situação de Emergência nas áreas do Município afetadas pela estiagem. O decreto foi publicado na edição da última quinta-feira (6) do Diário Oficial do Município.

No decreto, a prefeitura justificou que a estiagem iniciada em abril tem provocado danos à subsistência principalmente da população rural do município. O decreto também justifica que o volume de água disponível em reservatórios e poços tubulares está diminuindo e em alguns casos até secando completamente.

O acumulado de chuva no último período chuvoso em Guanambi foi de cerca de 600 mm. A expectativa dos institutos de meteorologia é de que as chuvas comecem a cair na região na primeira quinzena de outubro.

Anúncio

Deixe uma resposta