22 C
Guanambi
18.4 C
Vitória da Conquista

TSE mantem candidatura de Charles Fernandes

Decisão no entanto pode ser mudado por conta da suspensão da tutela que havia suspendido os efeitos da condenação no TRE-BA

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




Tiago Marques | Agência Sertão

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Admar Gonzaga negou o recurso interposta pela coligação Unidos para Mudar a Bahia contra o registro de candidatura do ex-prefeito de Guanambi Charles Fernandes (PSD) ao cargo de deputado federal.

No recurso, a coligação alegou que Charles se tornou inelegível após confirmação de sentença condenatória por abuso de poder político comedido nas eleições de 2016, época em que era prefeito de Guanambi e trabalhou para eleger seu sucessor Jairo Magalhães (PSB).

O ministro entendeu que à época da eleição, o acordão que tornou Charles inelegível estava suspenso por uma tutela de urgência, negando provimento ao recurso por essa razão. A coligação recorrente no entanto deve tentar impedir a diplomação de Charles Fernandes, uma vez que essa tutela foi suspensa pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). A procuradoria eleitoral emitiu novo parecer favorável ao indeferimento da candidatura, justamente por conta da suspensão da tutela em questão.

Charles Fernandes obteve 74.166 votos e ficou na primeira suplência da coligação pela qual concorreu.

Atualizado às 14h09 para corrigir informações




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -