Imagem Ilustrativa / Reprodução

O Montealtense, Marcelo da Silva Nogueira, 29 anos de idade, foi encontrado morto na tarde desta quinta-feira (20), na fazenda Cargill em que trabalhava há 6 anos como encarregado, no município de Luís Eduardo Magalhães.

De acordo com informações do Portal Vilson Nunes, o homem estava desaparecido desde a noite de sábado (15), inclusive a última postagem dele no Face book foi realizada às 15h37 deste dia. Após o desaparecimento, amigos e colegas fizeram buscas pela cidade, mas ele não era localizado. Posteriormente, os trabalhadores da fazenda sentiram um mau cheiro vindo do fundo de um barracão. Ao checarem o lugar, o corpo da vítima foi achado em estado de decomposição dentro de uma fossa com sinais de violência.

A família de Marcelo reside na fazenda Minador, zona rural de Guanambi. Recentemente, ele esteve na referida localidade curtindo férias. Um amigo do falecido, informou à nossa reportagem, que Marcelo era um jovem trabalhador e tranquilo. “Ele nunca se envolveu em confusão, era muito trabalhador, gente boa demais”, disse.

A Polícia Civil já iniciou às investigações para apurar o suposto crime. A principal suspeita é de latrocínio (roubo seguido de morte), mas outras hipóteses serão analisadas. Ainda segundo a polícia, somente a partir do resultado da perícia será possível confirmar a causa da morte e o objeto utilizado.

O corpo de Marcelo foi removido por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica e encaminhado ao Instituto Médico Legal de Barreiras para realização dos procedimentos técnicos. Em seguida, o corpo deve ser transladado para a fazenda Minador, onde será velado e sepultado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui