30.8 C
Guanambi
22.3 C
Vitória da Conquista

Hospital do Rim de Guanambi promove Carnaval para pacientes

- -

Últimas Notícias

Tiago Marques
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Os pacientes do Hospital do Rim de Guanambi tiveram um pouco da alegria carnavalesca para tentar amenizar a dor do tratamento renal. Nesta quinta-feira (28), funcionários da unidade de saúde promoveram uma festa de carnaval nas alas do hospital.

A animação ficou por conta de Indhira Charles, Benhur Domingues e Lúcio. Eles tocaram sucessos dos carnavais da Bahia, marchinhas e ainda interagiram com os pacientes. A equipe do hospital decorou as alas com balões e distribuiu máscaras e adereços para os pacientes. Teve ainda sorteio de brindes.

A gestora do Hospital do Rim, Alessandra Granda, falou à TV Beija-Flor. "Estamos sempre promovendo esse tipo de ação, inovando para trazer amor para tentar amenizar um pouco do sofrimento dos pacientes", disse.

[fbvideo link="https://www.facebook.com/tvbeijaflor/videos/730084420720943/" width="300" height="400" onlyvideo="1"]

Ações do tipo são comuns no Hospital do Rim de Guanambi, em junho do ano passado o cantor Frank Aguiar visitou os pacientes e cantou os seus sucessos. O artista foi uma das atrações do São João do Gurutuba.

O cinegrafista Onílio Júnior, da TV Beija-Flor registrou a ação.

Em novembro, os funcionários fizeram o 'desafio da pisadinha', dança que viralizou na internet. O vídeo publicado no perfil do técnico em Hemodialise Alex Wenndell teve 72 mil visualizações e mais de 1.500 compartilhamentos.

[fbvideo link="https://www.facebook.com/alex.wenndell/videos/1981782338572197/" width="700" height="400" onlyvideo="1"]

Outros artistas como Gil Martins, Thiago Leão, Lano Donato e Viviane Santana, e João Paulo e Rafael também já contribuíram para as ações do Hospital do Rim de Guanambi.

O Hospital do Rim de Guanambi atende 240 pacientes, oriundos de 23 municípios da região. Os pacientes passam pelo procedimento no aparelho que hemodialise que dura em média 4 horas, de três dias por semana e em alguns casos diariamente. A unidade funciona desde 2010 e possui mais de 50 profissionais de saúde em seu quadro.

Confira o áudio desta notícia 

Relacionadas

Deixe uma resposta

- -

Mais Lidas