Reprodução

A equipe da Superintendência Municipal de Trânsito, junto com fiscais da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Guanambi, mobilizaram-se, na noite desta quinta-feira (30), para conter um incêndio de grande proporção na zona rural do município. Estima-se que mais de 15 hectares tenham sido atingidos pelo fogo na Fazenda Lajes, próxima à região do Suruá, provocando prejuízos a fauna, a flora, ao solo e proporcionando riscos para a circunvizinhança.

De acordo com o fiscal do meio ambiente, Marcos Viana, o incêndio começou na BR e se estendeu para o terreno da fazenda. O agente de Trânsito, Rogério Mota, ressaltou a responsabilidade da população para com o meio ambiente – “É preciso que as pessoas se conscientizem do crime que estão cometendo contra a vida e o meio ambiente”.

Atualmente, a superintendência conta com quatro agentes especializados, sendo eles; Costa, Eloy, Mota e Camilo. Todos tem curso de brigada de incêndio e realizam este trabalho voluntariamente.

Segundo a ascom da prefeitura de Guanambi, na noite de ontem, a equipe também atendeu o chamado de outra ocorrência envolvendo queimadas em área urbana do município, próxima ao Hospital Regional de Guanambi.

Em período de estiagem são frequentes os incêndios e podem ser causados por pontas de cigarro lançadas sobre o mato seco na pista, pelo costume por parte da população de tocar fogo nos entulhos dos quintais ou quando os agricultores começam a colocar fogo nos campos e capoeiras para limpar as áreas para o plantio. Situações corriqueiras na região, no entanto,  essas ações vem acompanhadas de riscos e danos à saúde da população e do meio ambiente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui