Reprodução

Estimular e alavancar o empreendedorismo e a cultura da inovação tecnológica em empresas. Esta é a perspectiva da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), da Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) e, demais parceiros, ao lançarem o Edital do programa Centelha Bahia.

O lançamento está marcado para o dia 18 de junho, a partir das 9h30, no auditório do Espaço Lazareto, na própria sede da fundação, que fica no bairro da Federação, em Salvador. O edital busca fomentar empreendimentos de base tecnológica a partir do apoio ao desenvolvimento de ideias inovadoras.

Na prática, o Centelha Bahia irá capacitar empreendedores para o desenvolvimento de produtos, processos ou serviços inovadores, além de conceder, pelo menos, R$ 1,6 milhão em recursos de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis) para o aprimoramento dessas ideias (R$ 60 mil por proposta aprovada).

Para o diretor-geral da Fapesb, Márcio Costa, “por transformar ideias inovadoras em negócios, o Programa Centelha Bahia contribuirá para o fortalecimento do ecossistema de empreendedorismo inovador no estado, essencial para promover o desenvolvimento social e econômico de suas diversas regiões e impulsionar o crescimento com sustentabilidade”.

A iniciativa compõe os esforços do Governo do Estado para impulsionar setores estratégicos da economia baiana com vistas à geração de renda e empregos qualificados.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Fonte: Ascom/Secti

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui