Casa Anísio Teixeira - Foto Flávio Ferreira - Disponível no Google Maps

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) recebeu, nesta segunda-feira (8/07), representantes da Casa Anísio Teixeira, localizada no município de Caetité (a 645 km de Salvador, no Centro-Sul baiano), cidade onde nasceu Anísio Teixeira.

A instituição, que é mantida como centro de memória, espaço cultural e museu pela Fundação Anísio Teixeira (FAT), preserva a memória do educador baiano, com um rico acervo sobre a sua trajetória de vida dedicada à Educação.

Na oportunidade, foram debatidas parcerias para a melhoria do local e contribuições para o projeto que será desenvolvido pela SEC em comemoração aos 120 anos de educador, em 2020.

Inaugurada em 1998, após restauração feita pelo Governo da Bahia, por meio do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), a Casa Anísio Teixeira tem como objetivo preservar e divulgar o pensamento e a obra do educador Anísio Teixeira, além de promover o desenvolvimento regional por meio da Educação e da Cultura voltada para a expansão das oportunidades de educação pública gratuita e de qualidade.

A casa contém: Centro de Memória, Biblioteca Pública, Cine-Teatro, Oficina de Arte-Educação, Núcleo de Contação de Histórias e Sala de Cultura Digital.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 
A deputada Ivana Bastos (PSD) esteve presente na Reunião com Representantes da Casa Anísio Teixeira – Foto: Suâmi Dias

O secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, contou que o diálogo com a instituição busca reconhecer e fortalecer a memória de Anísio Teixeira. “Com a comissão que criamos para desenvolver o projeto ‘2020: Ano Anísio Teixeira’, que comemora os 120 anos do educador, queremos estar em diálogo com órgãos, pesquisadores e estudiosos da vida deste importante baiano para que possamos fortalecer a presença do seu reconhecido trabalho nas escolas e atividades culturais. A ideia é estabelecer uma agenda constante que permeie o seu conhecimento nos currículos escolares, em eventos culturais de literatura, ajudando o fortalecimento do ensino e da aprendizagem em toda Bahia”.

A diretora da Casa Anísio Teixeira, Maria Auxiliadora Ledo, falou que a parceria pode ser uma grande contribuição para ampliar o reconhecimento ao educador. “Já temos o apoio do Governo do Estado e da prefeitura, mas precisamos desenvolver projetos para atrair ainda mais visitantes. Somos talvez a única instituição que possui todos os móveis e equipamentos cedidos pela família. Então, a nossa proposta está ligada a uma exposição mais moderna, melhoria do nosso conservatório de música e a criação da Feira Literária de Caetité voltada a homenagear Anísio Teixeira”, destacou.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui