Reprodução

Um terremoto de magnitude de 3.0 foi registrado às 21h44 desta quinta-feira (25), na cidade de Quixeramobim, localizado no Sertão Central do Ceará, e deixou a Defesa Civil do município de prontidão.

Moradores relataram a movimentação de objetos dentro das casas, além do estrondo causado pelo tremor de terra. Até agora, não há registros de feridos ou desabamentos ocasionados pelo tremor de terra.

A Defesa Civil está apurando as consequências do evento, percorrendo povoados e distritos em Quixeramobim. O monitoramento da região está ocorrendo com a Defesa Civil em conjunto com a RSBR (Rede Sismográfica Brasileira) e o LabSis (Laboratório Sismológico) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

O abalo sísmico foi sentido em pelo menos sete localidades próximas, segundo dados do LabSis. São elas: Fogareiro, São Joaquim, Agrovila de Passagem, Carnaubinha, Veneza do distrito de Manituba, Poço Cercado do distrito de Damião Carneiro e povoado de Pau Ferro.

O evento ocorreu um dia após o registro de uma sequência de 102 tremores de terra na região captados por estações da RSBR operadas pelo LabSis. Na madrugada de quarta-feira (24), moradores acordaram com a terra tremendo em Quixeramobim, Boa Viagem e Madalena, com dois tremores de maior magnitude registrados na série de abalos. Eles mediram 2.5, às 2h46, e de 2.1, às 2h10.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

De acordo com o geofísico Eduardo Menezes, do LabSis, o município de Quixeramobim sofre um enxame sísmico desde o dia 17 de março. Até agora, foram registrados mais de 1.200 tremores de terra na região. Menezes explica que o município está localizado em cima de uma das falhas geológicas existentes no Nordeste.

Informações do Uol.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui