Imagem com informação falsa foi compartilhada milhares de vezes nas redes sociais

As polêmicas envolvendo os incêndios florestais na Floresta Amazônica fez surgir nas redes sociais uma enxurrada informações falsas sobre os diversos temas que envolvem o assunto.

Um meme na internet, compartilhado milhares de vezes em várias versões, atribui o número de 100 mil ONGs somente ao estado do Amazonas, que, na verdade, conta com 1.462 organizações em atuação.

Segundo checagem realizada pelo site Aos Fatos, nos nove estados da Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Maranhão), existem 15.919 ONGs. O Nordeste tem 44.496 delas. A mesma publicação diz que na Região Nordeste não existe nenhuma organização do tipo.

Os dados foram coletados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2016, e são os últimos disponíveis. Esta é a quarta edição do estudo feito pelo IBGE, que publicou levantamentos também em 2002, 2005 e 2010. Os dados utilizados pelo instituto foram retirados do CEMPRE (Cadastro Central de Empresas) e estão disponíveis no SIDRA (Sistema IBGE de Recuperação Automática).

Considerando apenas as entidades que, segundo o IBGE, atuam nas áreas de meio ambiente e proteção animal, defesa de direitos de grupos e minorias, outras formas de desenvolvimento e defesa de direitos, há apenas 517 ONGs nos estados compreendidos pelo bioma, 38 delas no Amazonas. Em comparação, o Nordeste tem 1.231 ONGs nas áreas citadas, sendo 169 atuantes na proteção do meio ambiente.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Ainda segundo o site Aos Fatos, a origem do dado de 100 mil ONGs na Amazônia aparece em uma nota da Câmara dos Deputados de 2007. Segundo o texto, o Ministério da Defesa estimava, na época, que este seria o número de organizações atuando no bioma, mas que apenas 230 estavam cadastradas.

Aos Fatos requisitou o levantamento ao ministério e questionou como foi feita a estimativa, mas, até a publicação desta checagem, não houve retorno. A Agência Lupa também realizou checagem sobre o assunto.

Na noite desta sexta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento em rede nacional. Depois de “botar lenha na fogueira”, o chefe do executivo nacional recuou e prometeu ações de combate aos incêndios na floresta.

Enquanto o presidente discursava na TV, em várias partes do país foram registrados protestos. Diversos vídeos na internet mostram os panelaços e gritos contra o Bolsonaro.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui