Reprodução

Pesquisa CNT/MDA divulgada nesta 2ª feira (26.ago.2019) indica que o governo de Jair Bolsonaro tem a reprovação de 39,5% dos brasileiros. A aprovação é de 29,4%. Outros 29,1% avaliam o governo como regular; e 2% não souberam opinar.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas de 22 a 25 de fevereiro em 137 municípios de 25 unidades da Federação. A margem de erro é 2,2 pontos percentuais e o índice de confiança é de 95%.

Avaliação do Governo segunda a pesquisa CNT/MDA

Agosto de 2019 em %

Ótimo: 8,0
Bom: 21,4
Regular: 29,4
Ruim: 12,9
Péssimo: 26,6
Não sabe/Não Respondeu: 2,0

Avaliações Positivas x Negativas

Fote: CNT/MDA

A pesquisa CNT/MDA divulgou ainda o gráfico da série histórica sobre a avaliação dos presidentes desde julho de 2013.

Fonte: CNT/MDA

A pesquisa também avaliou a o desempenho pessoal do presidente Jair Bolsonaro. O índice dos que o reprovam atinge 53,7% contra 41% de aprovação. Outros 5,3% não souberam opinar.

Aprovação pessoal do presidente

Agosto de 2019 em %

Aprova: 41,0
Desaprova: 53,7
Não sabe / Não respondeu: 5,3

Filho na Embaixada

Para 72,7% dos entrevistados, a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, à embaixada do Brasil nos Estados Unidos é inadequada. Esta parcela da população que respondeu a esse questionário acredita que o presidente não deveria nomear membros da sua família para cargos como esse.

Mais informações

Bolsonaro foi eleito em 28 de outubro de 2018. Ele obteve 57.797.466 votos (55,13% dos válidos). Em 2º lugar, ficou Fernando Haddad (PT), com 47.040.859 votos (44,87% dos válidos). Brancos e nulos foram 9,5% dos votos totais.

A pesquisa ainda avaliou a expectativa da população quando a melhoras na saúde, educação, emprego, segurança, entre outros temas.

Já para 21,8% dos entrevistados, a postura do presidente é adequada, pois o presidente tem a prerrogativa de indicar qualquer pessoa para esse cargo. Outros 5,5% não souberam responder.

Confira a íntegra do levantamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui